Um grupo de investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) da Universidade de Coimbra (UC), liderado pela Prof.ª Doutora Ana Cristina Rego, melhorou os sintomas da doença de Huntington em ratinhos ao ativar uma enzima envolvida na energia das células. O estudo, publicado no The Journal of Neuroscience, descobriu que a ativação da enzima desidrogenase do piruvato melhora a saúde das células mutantes presentes na doença de Huntington através de compostos específicos.

Publicado em Notícias

Pesquisa