Artigos

Os desafios da transformação digital no setor da saúde

A integração da saúde participativa, como um dos pilares do sistema de saúde, irá conduzir a um futuro radicalmente diferente. A revolução digital em curso está (e vai continuar) a mudar o que é atualmente possível: conetividade móvel rápida e de baixo custo; dispositivos inteligentes que redefinem como as pessoas gerem a sua saúde e interagem com os prestadores de cuidados médicos; tecnologias de sensores e soluções de dispositivos móveis que estão a reinventar a forma como a indústria interage com os pacientes.

Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
UMinho recebe expoentes internacionais na área da hipertensão arterial e envelhecimento vascular

Entre os próximos dias 15 e 17 de novembro, a Escola de Ciências da Saúde da Universidade do Minho organiza o 6th International Post-Graduation Program Arterial Stiffness and Early Vascular Aging. O Curso conta mais uma vez com o patrocínio científico da European Society of Hypertension, da Artery Society e das Sociedades Portuguesa de Medicina Interna e de Hipertensão. A News Farma esteve à conversa com o Prof. Doutor Pedro Guimarães Cunha sobre este curso que procura “associar a componente prática ao edifício teórico” e que conta com quatro palestrantes considerados o “expoente científico” da área.

Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
“Stent Save a Life confirma que o SNS dispõe do que de melhor existe a nível mundial”

No Dia Mundial do Coração, a News Farma dá voz ao Dr. Hélder Pereira, coordenador da Stent Save a Life na Europa e na Rússia. Nesta entrevista, o diretor do Serviço de Cardiologia do Hospital Garcia de Orta faz um balanço dos primeiros seis anos do projeto em Portugal e traça os principais desafios da Stent for Life a nível global, destacando que “os países mais desenvolvidos podem servir de exemplo para aqueles países que ainda não conseguiram ainda alcançar um estado de desenvolvimento que já se atingiu no nosso continente”.

Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Doenças neuromusculares: apoio do SNS é o maior desafio dos doentes

No âmbito do Dia Mundial para a Sensibilização e Consciencialização da Distrofia Muscular de Duchenne, que se assinalou ontem, dia 7 de setembro, a Associação Portuguesa de Neuromusculares (APN), que  este ano celebra o seu 25.º aniversário, promoveu a conferência “Juntos somos mais fortes”, tendo em vista informar e esclarecer toda a comunidade sobre esta patologia. Na ocasião, a News Farma conversou com o Dr. Joaquim Brites, presidente da APN, que avança que os principais desafios atuais na área das doenças neuromusculares estão relacionados com “a recetividade do Serviço Nacional de Saúde (SNS) em tratar estes doentes”, sublinhando a necessidade de serem seguidos em consultas multidisciplinares.

Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter