Com o apoio da Tecnimede e chancela da Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED), a News Farma organizou um webinar dedicado à “Dor crónica em tempos de COVID-19”. Para falar sobre a adaptação das Unidades de Dor aos tempos de pandemia e a abordagem a estes doentes que atualmente está mais limitada, estiveram presentes na conversa virtual a Dr.ª Ana Pedro, presidente da APED, a Dr.ª Beatriz Craveiro Lopes, fundadora do Centro Multidisciplinar de Dor – Beatriz Craveiro Lopes (CMD-BCL) do Hospital Garcia de Orta (HGO), e o Dr. Manuel Pedro, médico anestesiologista do CMD-BCL.

 

Publicado em Notícias

Devido ao impacto físico e psicológico da dor crónica, que ocupa um lugar de destaque na qualidade de vida dos doentes, a News Farma promove, no próximo dia 4 de maio, às 21h00, uma discussão sobre a patologia em tempos de pandemia. Marque na agenda e assista à emissão em: https://webinars.newsfarma.pt/covid19dor.

 

Publicado em Notícias

No âmbito das celebrações do Dia Internacional da Mulher, assinalado a 8 de março, a Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED) relembra a prevalência da dor crónica nas mulheres, que, apesar dos elevados números, permanecem subdiagnosticadas e sem tratamento adequado às suas necessidades.

 

Publicado em Notícias

A companhia farmacêutica Grünenthal apresenta, pelo terceiro ano consecutivo, o webinar “E-DOR”. “Dor Crónica em Ortopedia – Quando a dor vai para além da lesão” é o mote da formação, cujo primeiro módulo tem início já este sábado, dia 22 de fevereiro.

 

Publicado em Notícias

A Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP) definiu o ano de 2020 como o “Ano Internacional da Prevenção da Dor”, ao qual a European Pain Association (EFIC) e a Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED) aderem, no sentido de criar estratégias de prevenção da dor que envolvam profissionais de saúde, comunidade científica e doentes.

 

Publicado em Notícias

A SIP Portugal é uma plataforma nacional com a coordenação científica da APED e o apoio da empresa Grünenthal, constituída por representantes de organizações, sociedades científicas e associações de doentes que, em conjunto, partilham a mesma missão: reduzir o impacto social da dor crónica nos portugueses. Esta plataforma pretende promover um conjunto de medidas urgentes para a melhoria das condições de trabalho destes doentes e visa diminuir o absentismo e presenteísmo laboral, as mudanças de emprego, as reformas antecipadas e as pensões por incapacidade. 

Publicado em Notícias

Em Portugal, a dor crónica afeta cerca de 34% dos indivíduos nos Cuidados de Saúde Primários (CSP) e, em média, o seu diagnóstico só é feito quatro anos após os primeiros sintomas. No que respeita à intensidade da dor, numa escala numérica de 0 a 10, a média de intensidade máxima referida pelos doentes é de 7. Estas são algumas das principais conclusões do estudo “Chronic Pain Care - Prevalência e Caraterização da Dor Crónica nos Cuidados de Saúde Primários”.

 

Publicado em Notícias

A Plataforma de Impacto Social da Dor na Sociedade Portuguesa (SIP Portugal) vai promover uma reunião, no próximo dia 20 de maio, no Hotel Marriott, em Lisboa, com os presidentes de vinte sociedades científicas e associações com interesse na área da dor.

 

Publicado em Notícias

Em Portugal, estima-se que a dor crónica afete mais de 30% dos adultos portugueses. As repercussões de natureza económica são elevadas, calculando-se que o custo anual da dor crónica seja superior a três mil milhões de euros. Cerca de metade (1,6 mil milhões de euros) deve-se a despesas com cuidados de Saúde, enquanto o restante resulta dos chamados custos indiretos, como o absentismo e as reformas antecipadas provocadas pela dor crónica. Neste âmbito, vai decorrer o XIV Fórum de Dor das Ilhas Atlânticas, que se realiza entre os próximos dias 4 a 6 de abril, no Hotel Meliã Madeira Mare, no Funchal.  

 

Publicado em Notícias

A Plataforma de Impacto Social da Dor na Sociedade Portuguesa (SIP Portugal) realizou uma reunião com oito empresas de diferentes setores de atividade para apresentar medidas que pretendem promover a manutenção do trabalho ou reintegração profissional da pessoa com dor crónica, diminuindo o absentismo e presenteísmo, assim como as reformas antecipadas por incapacidade.

 

Publicado em Notícias
Pág. 1 de 2

Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019