Merck KGaA investe na investigação portuguesa para desenvolvimento de biofármacos
14/12/2020 13:45:25
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Merck KGaA investe na investigação portuguesa para desenvolvimento de biofármacos

A divisão de saúde da Merck KGaA adquiriu um equipamento com tecnologia de ponta para ser instalado no laboratório satélite do iBET, fortalecendo as competências da equipa de investigação portuguesa na descoberta e desenvolvimento de novos biofármacos.

A espectrometria de massa de troca de hidrogénio e deutério (HDX-MS) é uma tecnologia cada vez mais utilizada para estudar o modo de ação de biofármacos e a dinâmica das proteínas. A caracterização detalhada da estrutura de proteínas com interesse terapêutico é um aspeto crítico no desenvolvimento de novos medicamentos uma vez que pequenas alterações podem afetar a segurança e a eficácia dos biofármacos.

Este novo equipamento tem a capacidade de determinar os locais de ligação de pequenas moléculas e mapear a zona de ligação de biofármacos complexos. Além disso, o HDX-MS permite estudar a dinâmica de proteínas organizadas em pequenos e grandes complexos, bem como de proteínas de membrana.

Sobre a nova aquisição, a Prof.ª Doutora Paula Alves, CEO do iBET, comenta: “Este novo equipamento tem exigências menos rigorosas no que respeita à quantidade de proteínas utilizada, em comparação com outros métodos como a cristalografia de raios-x, podendo, assim, acelerar o processo de descoberta de novos medicamentos. Desta forma será possível obter dados funcionais e estruturais mesmo em casos em que a estrutura 3D da proteína não é ainda conhecida. Este investimento é uma demonstração clara da confiança na nossa equipa e um reforço da parceria iBET-Merck KGaA, iniciada nos anos 90.”

Este investimento integra a estratégia de expansão do laboratório satélite da Merck no iBET, comunicado em 2019, e está associado a um financiamento extraordinário da Merck Portugal a um projeto de investigação e uma bolsa de estudante de doutoramento para os próximos quatro anos.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019