Conheça os trabalhos vencedores dos prémios ENEA 2020
09/12/2020 13:25:30
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Conheça os trabalhos vencedores dos prémios ENEA 2020

O 19th Congress of the European Neuroendocrine Association (ENEA 2020) decorreu de 27 a 29 de novembro, em ambiente virtual. Conheça os trabalhos galardoados do evento que marcou o fim do mandato do Prof. Doutor Davide Carvalho na direção da Sociedade.

 

Quanto às melhores comunicações orais, destacaram-se os trabalhos “The X-linked acrogigantism-associated gene gpr101 regulates early embryonic development and growth in zebrafish”, do Prof. Doutor Giampaolo Trivellin, com o prémio de “Melhor Comunicação Oral Investigação Básica”, o estudo “Treatment of isolated idiopathic GH deficiency in children and thyroid function: is the need for levothyroxine a concern in long-term therapy?”, da Dr.ª Daniela Salazar, distinguido com “Melhor Comunicação Oral Investigação Clínica”, e ainda o projeto “Germinal defects of SDHx genes in patients with isolated pituitary adenoma”, do Dr. Gregory Mougel, galardoado com o prémio de “Melhor Comunicação Oral”.

Passando aos cartazes, o “Prémio da Juventude: Melhor Poster Investigação Básica” foi entregue ao trabalho “Analysis of TP53 mutations in functional corticotroph tumours”, da Dr.ª Julia Simon, ao passo que o estudo “Biochemical control response rates with first generation somatostatin analogues in the real-life setting: the experience of a tertiary center”, da Dr.ª Diana Borges Duarte, foi presentado com o “Melhor Poster Investigação Clínica” e o projeto “An update on the role of germline genetic defects in Cushing's disease”, da Prof.ª Doutora Laura C. Hernández-Ramírez, foi distinguido com o “Prémio Melhor Poster”.

Por último, o recém-criado “Prémio da Audiência” foi atribuído ex-aequo aos trabalhos “Incidental versus Symptomatic Clinically Nonfunctioning Pituitary Adenomas: Presenting Features and Clinical Management. Are they different?”, da Dr.ª Vanessa Guerreiro e “Characterization of Dopamine Agonists-Resistant Prolactinomas: A study in a Portuguese Tertiary Centre”, da Dr.ª Vânia Benido Silva.

Pela primeira vez, o evento contou ainda com uma sessão das enfermeiras de Endocrinologia, à qual se seguiu uma sessão de intercâmbio de ideias e partilha de experiências.

De acordo com o responsável, o congresso recebeu cerca de 350 participantes, tendo um pico de audiências de 250 pessoas em simultâneo numa sala. Das 85 comunicações livres aceites, apenas um dos autores retirou a sua participação.

O Prof. Doutor Davide Carvalho, também presidente da Comissão Organizadora Local, considerou que o sucesso alcançado “vem reforçar o respeito e reconhecimento da Neuroendocrinologia mundial”, traduzindo-se ainda na criação de um órgão consultivo para apoio à realização de congressos.

O próximo workshop da ENEA terá um carácter monotemático, realizando-se em Dubrovnick, na Croácia, em dezembro de 2021.

Obtenha todas as informações sobre o evento nesta ligação.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019