Profissionais de saúde recebem prémio anual da ELF
10/09/2020 16:13:49
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Profissionais de saúde recebem prémio anual da ELF

Os profissionais de saúde, da área respiratória, desde enfermeiros, médicos e fisioterapeutas, foram homenageados com o prémio anual da European Lung Fondation (ELF), que foi atribuído durante o Congresso Internacional da European Respiratory Society, que decorreu entre os dias 7 e 9 de setembro.

Durante os meses mais difíceis da pandemia, os profissionais de saúde da área respiratória ajudaram aqueles que faziam parte do principal grupo de risco, os doentes respiratórios, com um atendimento mais personalizado e com a publicação de mais de 95 mil artigos sobre a COVID-19.º.

O prémio anual da ELF visa reconhecer os indivíduos, grupos e organizações que tiveram uma contribuição notável na saúde durante a pandemia.

“Os profissionais de saúde fizeram inúmeros sacrifícios. Isolaram-se das suas famílias e trabalharam em turnos consecutivos para atender às necessidades. Viram colegas adoecerem e, em alguns casos, perderem a vida. Comunicaram com familiares de pacientes que não puderam visitar os seus entes queridos e encontraram alternativas para ajudar estas famílias a se conectarem usando plataformas virtuais. Muitos hospitais não tinham equipamento de proteção individual (EPI) para os profissionais da linha de frente, mas mesmo assim marcaram presença para darem assistência e os respetivos cuidados aos doentes”, afirma a presidente da ELF e da Associação RESPIRA, Dr.ª Dra. Isabel Saraiva.

A ELF, no âmbito deste prémio, elaborou um vídeo sobre o impacto que a pandemia teve nos hospitais, na vida dos profissionais de saúde, doentes e cuidadores. O vídeo contou com a participação de profissionais de saúde portugueses.

Vídeo


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019