Philips desenvolve solução de ecografia pediátrica menos agressiva
23/06/2020 15:00:31
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Philips desenvolve solução de ecografia pediátrica menos agressiva

A Royal Philips, empresa especializada em tecnologias da saúde, lançou uma nova solução de ecografia para avaliação de doentes pediátricos, integrada na gama de sistemas de ecografia EPIQ Elite. A nova solução dá aos profissionais de saúde imagens muito pormenorizadas, reduzindo substancialmente a necessidade de realizar exames de diagnóstico suplementares, como radiografias.

 

Esta nova tecnologia foi desenvolvida especificamente para uso clínico em doentes pediátricos, combinando o uso de transdutores específicos, melhor capacidade de processamento de imagem e ferramentas de software otimizadas.

“Uma vez que as crianças são mais sensíveis à radiação, é importante fazer um esforço para reduzir o uso de radiografias desnecessárias, sendo por isso recomendável utilizar técnicas de diagnóstico imagiológico menos agressivas”, adianta a entidade.

O Dr. Luís Gonçalves, radiologista pediátrico no Phoenix Children’s Hospital, nos Estados Unidos, revela que “a nova solução de avaliação pediátrica disponível na gama de ecógrafos EPIQ Elite melhorou a nossa experiência com ecografias”.

O especialista adianta que “o novo transdutor proporciona um rendimento clínico excecional e uma grande versatilidade de utilização em diferentes aplicações pediátricas”, revelando ainda que “o detalhe de imagem transcraniana que podemos observar em doentes neonatais é excecional”.

Os doentes pediátricos não são uma população homogénea, uma vez que diferem muito de tamanho. Neste sentido, a Philips define esta nova tecnologia como “uma solução de ecografia muito completa que pode ser utilizada desde os bebés mais pequenos até doentes pediátricos quase adultos, sempre com um elevado grau de confiança, mesmo no diagnóstico de casos mais complexos”.

A solução de ecografia Philips para uso pediátrico inclui um novo tipo de transdutor que melhora em 30% a sua capacidade de penetração e oferece imagens mais pormenorizadas, contando com um conjunto de configurações específicas que ajudam os médicos a fazer um diagnóstico mais rápido.

“A confiança no diagnóstico é fundamental para qualquer médico, especialmente quando tratamos de doentes muito sensíveis”, refere o Dr. Jeff Cohen, vice-presidente e diretor-geral de Imaging Ultrasound na Philips.

“A nossa mais recente solução de ecografia pediátrica oferece o nível de detalhe de imagem adequado para que os profissionais de saúde possam realizar um diagnóstico preciso”, complementa o responsável.

Esta solução da Philips está validada para uso clínico pediátrico e aumenta a oferta de soluções específicas dentro da gama EPIQ Elite, concebidas para as necessidades específicas de diferentes especialidades médicas, juntando-se às soluções de ecografia específicas para o diagnóstico vascular, hepático, de mama e pediátrico da empresa.

 


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019