19.ª Reunião de Primavera da SPAIC destaca a dermatite atópica
22/06/2020 14:58:19
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
19.ª Reunião de Primavera da SPAIC destaca a dermatite atópica

A 19.ª Reunião de Primavera da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC) foi reagendada para o dia 11 de julho. Dedicada ao tema da dermatite atópica, dado o atual quadro de pandemia, a direção da SPAIC, em colaboração com o Grupo de Interesse de Alergia Cutânea, decidiu realizar a Reunião de Primavera em formato totalmente digital.

 

A dermatite atópica (ou eczema atópico) é uma doença inflamatória crónica, recidivante e pruriginosa da pele. Atinge até 20% das crianças e 2-8% dos adultos. Em cerca de dois terços dos casos começa na infância, podendo, os casos graves, persistirem na idade adulta. Em muitas ocasiões, a dermatite atópica precede o aparecimento de outras doenças atópicas, como a rinoconjuntivite alérgica, a asma e a alergia alimentar.

A atualidade deste tema justifica a sua escolha para uma reunião monotemática de Imunoalergologia, onde serão debatidos vários tópicos: os desafios do diagnóstico, os scores de avaliação e as várias opções que existem para o tratamento da doença e das comorbilidades que lhe estão frequentemente associadas.

"Tópicas: corticóides versus inibidores da calcineurina", "Paradoxos na fisiopatologia da dermatite atópica" e "Co-morbilidades da dermatite atópica grave" são alguns dos temas contemplados no programa preliminar do evento, que pode consultar aqui.

Outra novidade é que nesta reunião, que habitualmente se destina apenas aos sócios da SPAIC, poderão inscrever-se também médicos de outras especialidades que pretendam assistir, devendo, para tal, registar-se no site spaicprimavera2020.pt.

 


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019