STADA termina 2019 com crescimento de dois dígitos
23/03/2020 15:52:18
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
STADA termina 2019 com crescimento de dois dígitos

A STADA, empresa farmacêutica com sede na Alemanha, terminou 2019 com um crescimento de dois dígitos nas vendas e nos lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA). De acordo com a entidade, o estabelecimento de atividades orgânicas de crescimento e desenvolvimento do negócio são as razões para o crescimento.

 

As vendas reportadas pelo grupo indicam um crescimento de 12% para 2,61 mil milhões de euros no ano passado, incluindo vendas de genéricos que aumentaram 11% para 1,53 mil milhões de euros e vendas de produtos de marca que aumentaram 13% para 1,07 mil milhões de euros. O progresso do grupo incluiu um forte crescimento de vendas orgânicas de 8%.

A entidade adianta que as medidas tomadas para otimização e melhoria dos processos de produção e cadeia de abastecimento traduziram-se em ganhos de eficiência e produtividade no seu modelo operacional. Estas medidas tiveram um impacto em resultados ajustados antes de EBITDA, aumentando em 24% para 625,5 milhões de euros.

“Estes excelentes resultados permitem-nos acelerar o nosso investimento não só no desenvolvimento dos nossos produtos, mas também amplamente no codesenvolvimento externo e no licenciamento de produtos. É um excelente suporte à nossa sustentabilidade e crescimento a longo prazo, enquanto continuamos a construir a melhor equipa do setor”, sublinha o Dr. Peter Goldschmidt, CEO da STADA.

A empresa assinou mais de 50 acordos de licenciamento durante 2019, inclusive em áreas altamente promissoras, como biossimilares.

“Durante 2019, demonstrámos agilidade para conquistar quota de mercado aos nossos concorrentes em todos os principais mercados europeus”, revela o responsável, acrescentando que “com base nos excelentes resultados alcançados pela nossa equipa líder do setor, poderemos continuar a nossa estratégia de crescimento empreendedor e posicionar a STADA como um parceiro de referência no mercado dos genéricos e consumer healthcare”, conclui.

Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019