Medicamento anticancerígeno da PharmaMar pode combater o covid-19
13/03/2020 15:57:41
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Medicamento anticancerígeno da PharmaMar pode combater o covid-19

A companhia farmacêutica espanhola PharmaMar anunciou esta sexta-feira, dia 13 de março, que um dos seus medicamentos anticancerígenos pode servir para evitar a “multiplicação e propagação” da pandemia de covid-19. Em comunicado para a Comissão Nacional do Mercado de Valores (CNMV), a empresa refere que “contactará as autoridades regulatórias para analisar as possibilidades de estudos em doentes infetados” com o novo coronavírus.

 

Há 10 dias, a empresa com sede em Colmenar Viejo, um município localizado em Madrid, propôs-se a estudar a possível aplicação do seu medicamento contra o cancro no combate ao covid-19.

Hoje, a farmacêutica revelou que os resultados dos estudos in vitro se mostraram “positivos com uma potência na ordem nanomolar”. Nesse sentido, os investigadores confirmaram que a “segmentação de proteínas do medicamento, EF1A, é a chave para a multiplicação e propagação” do coronavírus humano HCoV-229E, que tem “um mecanismo de multiplicação e de propagação muito semelhante ao do covid-19”.

No comunicado dirigido à CNMV, a PharmaMar indicou que os estudos foram realizados no Centro Nacional de Biotecnología del Centro Superior de Investigaciones Científicas (CSIC), pelos Profs. Doutores Luis Enjuanes, Isabel Solá e Sonia Zúñiga.

Para mais informações consulte a página da PharmaMar.

Fonte: El Economista


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019