Qualidade científica e multidisciplinaridade no 16.º Congresso Português de Diabetes
02/03/2020 15:33:06
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Qualidade científica e multidisciplinaridade no 16.º Congresso Português de Diabetes

A 16.ª edição do Congresso Português de Diabetes da Sociedade Portuguesa de Diabetologia (SPD) decorre de 6 a 8 de março, no Centro de Congressos do Algarve, em Vilamoura. Em conversa com a News Farma, o Dr. Rui Duarte, presidente da SPD, revelou que se espera o mesmo êxito das edições anteriores, num congresso marcado pela “qualidade científica” e pelo intercâmbio de experiências e conhecimento. Assista à entrevista.

 

O Dr. Rui Duarte começa por referir que um dos aspetos fundamentais do evento é “o intercâmbio que existe entre as várias especialidades médicas e profissões ligadas à diabetes”, que incluem não apenas os médicos, endocrinologistas, diabetologistas, internistas e médicos de Medicina Geral e Familiar, mas também enfermeiros, nutricionistas, podólogos e os investigadores. O responsável adianta que um princípio essencial “da atividade da SPD é a ligação entre a ciência fundamental e a investigação fundamental e os clínicos que praticam a Diabetologia no dia a dia”.

Nesse sentido, a direção da entidade procurou reforçar o apoio aos seus 14 grupos de estudo, responsáveis, em grande parte, pela elaboração do programa científico da reunião, acrescenta o presidente, sublinhando a “qualidade científica” da edição de 2020 do evento da SPD.

“Este ano temos simpósios conjuntos com a Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC), Sociedade Portuguesa de Nefrologia (SPN), Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI), entre outras”, contando ainda com a intervenção de convidados internacionais, que contribuem para a qualidade do programa, esclarece o Dr. Rui Duarte.

“Novas guidelines de prevenção e tratamento do pé diabético”, “Diabetes, nutrição e sustentabilidade” e “Qual a realidade do uso da metformina na Diabetes gestacional em Portugal” são alguns dos temas que constam no programa científico do evento, disponível para consulta nesta ligação.

O responsável reflete ainda quanto ao Observatório Nacional da Diabetes, cuja periocidade tem sido posta em causa devido à dificuldade de acesso aos dados oficiais. Contudo, “este ano, e durante o congresso, vamos ter já dados relativamente aos últimos três anos”, revela o Dr. Rui Duarte.

O presidente do Congresso lembra ainda que “a diabetes afeta mais de um milhão de portugueses, não podemos ignorar esta doença nem as suas complicações. Só a nível nacional, 20 a 25% das admissões hospitalares de pessoas com diabetes acontecem devido ao pé e 30% dos internamentos por acidente vascular cerebral (AVC) são em pessoas com diabetes”.

A SPD conta com mais de mil sócios inscritos, das mais diversas áreas da Medicina. Trata-se de uma sociedade científica transversal, “que tem interesse na formação e na divulgação científica da Diabetologia e na melhoria dos cuidados de saúde prestados em Portugal às pessoas com diabetes – isso é a preocupação máxima”, conclui o presidente.

Consulte todas as informações aqui.

Vídeo


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019