Museu da Farmácia Porto reabre com apresentação da coleção “Médicos Escritores”
16/12/2019 14:20:23
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Museu da Farmácia Porto reabre com apresentação da coleção “Médicos Escritores”

No âmbito da coleção “Médicos Escritores”, três novos títulos vão ser apresentados no próximo dia 19 de dezembro, no Museu da Farmácia Porto, que volta a abrir portas apos ter sido alvo de intervenções para melhorar a experiência museológica. A iniciativa, que conta com o apoio da editora A Bela e o Monstro e do jornal Público, marca o 80.º aniversário da Ordem dos Médicos.

 

“Comigo”, de Manuel Laranjeira, “Paranóia”, de Júlio de Matos, e “Um Canhanho de Um Vagabundo”, de Ricardo Jorge juntam-se à coleção dos livros de médicos que também se distinguiram como escritores, obtendo um lugar no panorama literário português.

A coletânea de livros inclui algumas das obras mais importantes da literatura portuguesa, muitas delas quase desconhecidas, consideradas como “pérolas” do conhecimento. Entre as obras já publicadas está “A História da Vida Sexual”, de Egas Moniz, “Memórias da Grande Guerra”, de Jaime Cortesão, “A Barba em Portugal”, de Leite de Vasconcelos, “O País das Uvas”, de Fialho de Almeida, “Eterno Feminino”, de Júlio Dantas, “Vindima”, de Miguel Torga, entre muitas outras.

O evento tem entrada livre, estando prevista a realização de uma visita guiada ao museu.

Para mais informações consulte a página do evento.

 


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019