Associação Aldeias Humanitar vence Prémio Healthcare Excellence
22/10/2019 15:38:03
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Associação Aldeias Humanitar vence Prémio Healthcare Excellence

Pela primeira vez em seis edições, o Prémio Healthcare Excellence foi atribuído a uma associação de solidariedade social: a Aldeias Humanitar. A iniciativa da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH), em parceria com a biofarmacêutica AbbVie, pretende distinguir projetos de melhoria da qualidade dos serviços prestados aos utentes que tenham produzido uma melhoria do acesso, da eficiência, da segurança, ou dos resultados obtidos na prestação de cuidados de saúde.

Criada em 2017, a associação Aldeias Humanitar pretende combater o isolamento e abandono provocado pela desertificação demográfica nas regiões do interior através da integração de cuidados de saúde e da prestação de apoio social. Implementado em Sernancelhe e Penedono, distrito de Viseu, o projeto tem a ambição de estender-se a outras regiões do interior do país.

A atuação das Aldeias Humanitar começa com a identificação das necessidades das pessoas em situação de carência e com uma avaliação do seu grau de dependência e do seu estado de solidão. Numa segunda fase, a organização desenvolve um plano de intervenção individual e mobiliza as respostas já existentes na comunidade, nomeadamente as instituições, o município e o próprio Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Nos casos necessários, são prestados cuidados ao domicílio, que envolvem por exemplo a gestão do regime terapêutica e da doença crónica, formação sobre alimentação adequada e estratégias de prevenção de quedas. O projeto, que pretende envolver profissionais de saúde e comunidade,  sugere ainda a criação da figura de auxiliar comunitário, que teria como função apoiar pessoas sozinhas, mas também cuidadores.

A primeira menção honrosa foi para o projeto “C-Free Team na Microeliminação da Hepatite C” do Centro Hospitalar e Universitário de Lisboa Norte (Hospital de Santa Maria). Trata-se de uma equipa multidisciplinar que tem levado o hospital para a comunidade, tendo em mente a eliminação da hepatite C até 2030, meta da Organização Mundial de Saúde. Além do trabalho feito com várias organizações de base comunitária, a “C-Free Team” desenvolveu também uma parceria com o Estabelecimento Prisional de Lisboa.  Ao levar os cuidados de saúde para a prisão, o projeto tem permitido poupar nas deslocações ao hospital, limitar a exposição dos reclusos, combater o estigma e aumentar a adesão ao tratamento numa população onde a incidência da hepatite C continua a ser elevada.

Houve ainda a atribuição de uma segunda menção honrosa para o Centro Hospitalar e Universitário de Lisboa Central (Hospital Dona Estefânia), que apresentou o projeto “Huddle Meeting” implementado no bloco operatório. A ideia é aparentemente simples: ao longo da semana os profissionais de saúde registam num quadro os problemas que afetam o fluxo de trabalho. Numa reunião semanal são posteriormente selecionados os três problemas com maior benefício e menor dificuldade de resolução e são definidas medidas de melhoria. Este processo já permitiu melhorar diversos aspetos, como a prescrição de anestesia antes da cirurgia, a limpeza das salas operatórias e o transporte dos doentes para o bloco operatório.

“Todos os projetos apresentados são um exemplo de resiliência e de capacidade de implementação dos profissionais de saúde no nosso país. O grande passo em frente será agora poder replicar estes projetos noutras instituições”, afirmou o Dr. Alexandre Lourenço, presidente da APAH, na cerimónia final do Healthcare Excellence, que decorreu em Braga.

“Continuar a prestar cuidados de qualidade aos utentes sem comprometer a sustentabilidade da saúde é um dos maiores desafios da atualidade. Felizmente, têm emergido soluções alternativas como aquelas que conhecemos no Healthcare Excellence, com resultados comprovados no terreno e um verdadeiro impacto”, declarou o Dr. Carlo Pasetto, diretor-geral da AbbVie Portugal.

A 6.ª edição do Prémio Healthcare Excellence recebeu um total de 12 candidaturas. Entre os finalistas estiveram também projetos do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), Centro Hospitalar e do Hospital de Vila Franca de Xira.

Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019