Conselho da Saúde da CIP pede aumento de 500 milhões de euros do orçamento do SNS
18/10/2019 17:40:16
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Conselho da Saúde da CIP pede aumento de 500 milhões de euros do orçamento do SNS

Devido aos valores do défice do Serviço Nacional de Saúde (SNS), com um prejuízo de 848 milhões de euros em 2018, mais do dobro do que em 2017, o Conselho Estratégico Nacional da Saúde (CENS) da Confederação Empresarial de Portugal (CIP) defende que o orçamento para 2020 deve rondar os 500 milhões de euros.

 

O subfinanciamento contínuo do SNS tem um impacto negativo no que toca o acesso à saúde, à organização dos serviços e na motivação dos profissionais, defende a CIP. Segundo dados recentes da execução orçamental, até agosto o défice do SNS atingia os 256 milhões de euros, mais do dobro do previsto no Orçamento do Estado para 2019.

Num momento em que está em curso um novo programa de governo, e consequentemente um novo orçamento, a CIP afirma que é hora de assumir a saúde como prioridade nacional, citando as palavras do Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, de que “o setor da saúde é uma das prioridades sensíveis para todos os portugueses”.

O Conselho Estratégico Nacional da Saúde da CIP tem como missão a defesa dos interesses das empresas portuguesas.

Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019