GSK declarada a empresa farmacêutica mais sustentável do mundo
15/10/2019 17:25:12
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
GSK declarada a empresa farmacêutica mais sustentável do mundo

A GSK é considerada, pela primeira vez, como a empresa farmacêutica mais sustentável do mundo. Num leque de duas mil e quinhentas empresas avaliadas pelo Dow Jones Sustainability Index (DJSI) em no que toca a sustentabilidade económica, política ambiental e impacto social, a vencedora obteve, respetivamente, 86, 94 e 95 pontos (0 a 100), nos diferentes parâmetros.

 

“Este reconhecimento do DJSI é reflexo de todo o trabalho desenvolvido pela GSK, nos mais de 150 países em que está presente, em torno da nossa prioridade: confiança. Esforçamo-nos, diariamente, por ser a empresa farmacêutica mais confiável do mundo e é com enorme orgulho que vemos esse empenho ser recompensado. De qualquer forma, mais do que os prémios, o que nos dá verdadeiramente alento e nos motiva a continuar a fazer, mais e melhor, é sentir que estamos a ajudar os profissionais de saúde a transformar positivamente a vida de todas as pessoas que vivem com algum problema de saúde, seja respiratório ou oncológico. Independentemente da patologia, queremos desenvolver produtos inovadores que façam a diferença na vida dos doentes. Isso é o que nos move”, esclarece Dr.ª Silvia Guichardo, diretora-geral da GSK Portugal. 

Das duas mil e quinhentas maiores empresas do mundo, foram eleitas as 354 mais sustentáveis. Para além do impacto ambiental, o DJSI considerou a desempenho financeiro das organizações, o seu modelo de negócios e o contributo para a comunidade, nas quais a GSK obteve pontuações elevadas. Foram destacadas ainda as suas políticas de desenvolvimento do capital humano, práticas de marketing responsável, operações eco-eficientes, estratégias para tornar os seus produtos mais acessíveis e corporate governance. 

A GSK é uma multinacional farmacêutica que conta com 300 anos de existência e emprega mais de 100 pessoas em Portugal.

Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019