Centro Hospitalar de Leiria assina Compromisso para a Humanização Hospitalar
06/09/2019 15:39:58
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Centro Hospitalar de Leiria assina Compromisso para a Humanização Hospitalar

O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) assinou no dia 4 de setembro o Compromisso para a Humanização Hospitalar, juntamente com mais 48 instituições hospitalares nacionais, e que abrange 15 dimensões objetivas de humanização, desenvolvidas pelo Grupo de Trabalho para a Humanização Hospitalar, criado pela Coordenação para a Reforma do Serviço Nacional de Saúde.

“No prazo de três meses as instituições aderentes ao Compromisso para a Humanização Hospitalar terão de definir um plano de ação com medidas concretas que devem abranger a globalidade dos serviços e profissionais de saúde, assim como identificar os prazos para a sua implementação”, destacou a Dr.ª Marta Temido, ministra da Saúde, no Centro de Reabilitação do Norte, na sessão de abertura do evento que formalizou este Compromisso.

O documento assinado por 49 instituições hospitalares nacionais preconiza 15 áreas que devem ser analisadas e alvo de intervenção para concretização e/ou melhoria: Orgânica institucional; Privacidade dos utentes; Personalização do cuidar e do tratar; Circulação dos utentes; Visitas aos doentes; Acolhimento dos profissionais; Normas de relacionamento com utentes; Normas de relacionamento interpessoal e interprofissional; Formação em comunicação, empatia e relacionamento; Psicologia positiva, promoção da saúde e bem-estar; Amenidades e segurança hospitalares para profissionais; Combate ao ruído; Promoção do silêncio; Avaliação da satisfação; e Participação cidadã.

“Estamos muito empenhados em elaborar e concretizar o plano estratégico proposto, numa área já muito desenvolvida na nossa instituição, através do trabalho da Comissão de Humanização, que tem vindo a dinamizar as áreas que integram o Compromisso”, salienta o Dr. Licínio de Carvalho, presidente do Conselho de Administração do CHL. “Os cuidados de saúde prestados aos nossos utentes são desde sempre a nossa prioridade, e pretendemos continuar a apostar na humanização desse cuidar, que vai desde a segurança e qualidade, inovação e tecnologia, à personalização, empatia e atitude dos profissionais”.

Após a apresentação dos planos, cada instituição fará a devida monitorização da execução das medidas planificadas, e devido acompanhamento e registo.

A secretária de Estado para a Saúde, Prof.ª Doutora Raquel Duarte, fechou o evento dirigindo-se aos responsáveis de gestão e administração das instituições hospitalares presentes. “O dia de hoje é um marco. Nos próximos três meses têm uma obrigação: desenhar com as vossas pessoas planos que sejam mensuráveis, e definir os tempos de concretização. Podemos ser melhores se trabalharmos juntos, cada um no seu espaço, mas com uma partilha entre todos.”

4D Visions19

Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019