Centro Hospitalar de Leiria assina Compromisso para a Humanização Hospitalar
06/09/2019 15:39:58
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Centro Hospitalar de Leiria assina Compromisso para a Humanização Hospitalar

O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) assinou no dia 4 de setembro o Compromisso para a Humanização Hospitalar, juntamente com mais 48 instituições hospitalares nacionais, e que abrange 15 dimensões objetivas de humanização, desenvolvidas pelo Grupo de Trabalho para a Humanização Hospitalar, criado pela Coordenação para a Reforma do Serviço Nacional de Saúde.

“No prazo de três meses as instituições aderentes ao Compromisso para a Humanização Hospitalar terão de definir um plano de ação com medidas concretas que devem abranger a globalidade dos serviços e profissionais de saúde, assim como identificar os prazos para a sua implementação”, destacou a Dr.ª Marta Temido, ministra da Saúde, no Centro de Reabilitação do Norte, na sessão de abertura do evento que formalizou este Compromisso.

O documento assinado por 49 instituições hospitalares nacionais preconiza 15 áreas que devem ser analisadas e alvo de intervenção para concretização e/ou melhoria: Orgânica institucional; Privacidade dos utentes; Personalização do cuidar e do tratar; Circulação dos utentes; Visitas aos doentes; Acolhimento dos profissionais; Normas de relacionamento com utentes; Normas de relacionamento interpessoal e interprofissional; Formação em comunicação, empatia e relacionamento; Psicologia positiva, promoção da saúde e bem-estar; Amenidades e segurança hospitalares para profissionais; Combate ao ruído; Promoção do silêncio; Avaliação da satisfação; e Participação cidadã.

“Estamos muito empenhados em elaborar e concretizar o plano estratégico proposto, numa área já muito desenvolvida na nossa instituição, através do trabalho da Comissão de Humanização, que tem vindo a dinamizar as áreas que integram o Compromisso”, salienta o Dr. Licínio de Carvalho, presidente do Conselho de Administração do CHL. “Os cuidados de saúde prestados aos nossos utentes são desde sempre a nossa prioridade, e pretendemos continuar a apostar na humanização desse cuidar, que vai desde a segurança e qualidade, inovação e tecnologia, à personalização, empatia e atitude dos profissionais”.

Após a apresentação dos planos, cada instituição fará a devida monitorização da execução das medidas planificadas, e devido acompanhamento e registo.

A secretária de Estado para a Saúde, Prof.ª Doutora Raquel Duarte, fechou o evento dirigindo-se aos responsáveis de gestão e administração das instituições hospitalares presentes. “O dia de hoje é um marco. Nos próximos três meses têm uma obrigação: desenhar com as vossas pessoas planos que sejam mensuráveis, e definir os tempos de concretização. Podemos ser melhores se trabalharmos juntos, cada um no seu espaço, mas com uma partilha entre todos.”


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019