SNS: “Os próximos 40 anos vão ser de grandes desafios”
29/07/2019 16:41:13
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
SNS: “Os próximos 40 anos vão ser de grandes desafios”

“Os próximos 40 anos vão ser de grandes desafios. Conto com todos e com cada um de vós. Hoje é indiscutível que todos queremos reafirmar os princípios de António Arnaut, para um SNS que pretende ser uma forma de mudar a vida do povo português”, afirmou na sexta-feira, dia 26 de julho, a ministra da Saúde, Dr.ª Marta Temido, nas comemorações dos 40 anos do Serviço Nacional de Saúde, realizadas no Centro Hospitalar de Leiria (CHL). O evento contou com a inauguração de uma exposição de fotografia e uma exposição de desenhos no átrio principal do Hospital de Santo André (HSA).

No auditório foi apresentado um pequeno vídeo feito com diferentes perspetivas sobre o Serviço Nacional de Saúde de várias crianças. Seguiu-se uma tertúlia com seis profissionais do CHL, moderada por Helena Vasconcelos, coordenadora do Gabinete de Comunicação, Relações Públicas e Imagem. Nesta conversa foram partilhados os testemunhos destes colaboradores, ao nível da experiência profissional na instituição e no SNS, da evolução da prestação dos cuidados, e da antevisão dos próximos tempos.

O presidente do Conselho de Administração do CHL, Dr. Licínio de Carvalho, fez um breve resumo histórico da instituição desde 1979 até aos dias de hoje, friso cronológico retratado na exposição de fotografia inaugurada. O presidente do CHL formulou o pedido à ministra da Saúde de continuar a confiar na equipa do CHL nos seus mais de 2.000 profissionais, que tem feito um trabalho com qualidade (recentemente acreditado pela Joint Commission International), com rigor e com foco no futuro.

O Dr. Licínio de Carvalho formulou ainda um desejo à ministra da Saúde. “Que continue determinada a defender o SNS e a fortalecê-lo, a diferenciá-lo, a robustecê-lo e a prepará-lo contínua e consistentemente face à pressão e aos desafios que o SNS tem (e vai continuar a ter), empreendendo políticas e ações que concretizem a futura lei de bases da saúde, que tão superiormente defendeu e contribuiu para a sua aprovação.”

O Dr. Raul Castro, presidente da Câmara Municipal de Leiria, relembrou que “o CHL é uma referência nacional”. “Com cerca de 400 mil utentes, necessita de um olhar diferente do que foi dado até aqui. Merece uma ajuda na resolução de algumas dificuldades, com investimento em equipamento e em instalações, para poder ser mais e melhor em nome do SNS”, advertiu o presidente do município.

A ministra da Saúde, Dr.ª Marta Temido, encerrou as comemorações do CHL, agradecendo aos participantes da tertúlia a profundidade e sensibilidade que mostraram nos seus testemunhos. A ministra afirmou que é importante olhar para a evolução do sistema de saúde, que está apenas no início. “Todos nós temos a nossa história e não podemos queimar etapas. O CHL tem passado por muitas mudanças”, destacou a ministra da Saúde, referindo ainda que: “espero que o plano estratégico do CHL seja aprovado rapidamente. Estão previstos 20 milhões de euros em investimento, que envolvem a ampliação do Hospital de Dia, a expansão da Urgência, e alguns investimentos em curso em Alcobaça e em Pombal”, destacou a ministra.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019