Mieloma múltiplo: nova terapêutica da Takeda aprovada pelo INFARMED
29/07/2019 12:49:11
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Mieloma múltiplo: nova terapêutica da Takeda aprovada pelo INFARMED

A Takeda Portugal acaba de anunciar que a sua nova terapêutica obteve a aprovação do financiamento pelo INFARMED para doentes adultos com mieloma múltiplo que tenham recebido pelo menos uma terapêutica prévia.

IXAZOMIB é o primeiro e único inibidor do proteassoma oral aprovado para o tratamento do mieloma múltiplo. Este composto inovador, alia uma eficácia única em várias subpopulações de doentes, associada a um perfil de segurança bem estabelecido e uma simplicidade proporcionada apenas por um tratamento exclusivamente oral.

A decisão do INFARMED representa um avanço muito relevante para os doentes portugueses com mieloma múltiplo que podem agora ter acesso a este medicamento órfão que demonstrou uma melhoria estatisticamente significativa na sobrevivência livre de progressão de 35% em doentes com mieloma múltiplo recidivante ou refrátario quando comparado com placebo, lenalidomida e dexametasona. 

“Esta aprovação para meio hospitalar de IXAZOMIB em cápsulas representa uma alternativa terapêutica adicional para os médicos e permite uma maior conveniência relacionada com a toma exclusivamente oral pelos doentes”, afirma Helena Coutinho head of Patient Value & Access and Communications da Takeda em Portugal.

“A decisão do INFARMED tem um enorme impacto positivo para os doentes e representa o investimento e o compromisso da Takeda Oncologia em desenvolver novas tecnologias de saúde cada vez mais seguras e cómodas para os doentes e famílias”, disse Carlos Filipe Ribeiro, Oncology head da Takeda em Portugal.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019