APCP promove workshop sobre Medicina baseada na narrativa
17/07/2019 12:42:13
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
APCP promove workshop sobre Medicina baseada na narrativa

A Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos (APCP) promove o workshop “Medicina baseada na narrativa: A Espessura do Cuidado”, nas III Jornadas de Investigação, que decorrem de 26 a 28 de setembro, no Instituto Politécnico de Beja. A iniciativa tem como objetivo promover junto dos profissionais de saúde a aquisição de conhecimentos sobre princípios e fundamentos da Medicina Narrativa.

O workshop "Medicina Baseada na Narrativa: a Espessura do Cuidado” decorre, a partir das 9h00, no dia 26, no Instituto Politécnico de Beja e conta com as presenças da Prof.ª Doutora Susana Teixeira Magalhães, professora auxiliar na Universidade Fernando Pessoa e investigadora no Instituto de Bioética da Universidade Católica Portuguesa, do Dr. Rui Carneiro, assistente hospitalar em medicina interna e especialista em cuidados paliativos, no Hospital da Luz - Arrábida e da Dr.ª Catarina Simões, enfermeira especialista em cuidados paliativos, bioética e ética médica, do Instituto Português de Oncologia do Porto.

A sessão de trabalho interativa pretende explorar os fundamentos e a prática dos cuidados de saúde baseados na relação que constituem a essência da Medicina Narrativa e dos Cuidados Paliativos e dar resposta a questões como: o que narra a evidência sobre medicina narrativa?; qual a anatomia e semiologia da medicina narrativa: como introduzir elementos narrativos na prática clínica diária?; a narrativa do profissional: como eu cuido, sou cuidado e me cuido?; que metodologias utilizar na investigação em Medicina Narrativa?, entre outras.

A Prof.ª Doutora Susana Teixeira Magalhães, oradora no workshop, explica que “a espessura do cuidado está ancorada em três pilares, que designo como os três R's da Saúde, a Relação, a Responsabilidade e o Reconhecimento da Vulnerabilidade de quem é cuidado e de quem cuida. Os avanços tecnológicos e científicos permitem um cuidado mais personalizado, mas não necessariamente mais centrado na pessoa. Para que os cuidados de saúde possam dar resposta ao sofrimento subjacente à experiência de doença é necessário integrar a narrativa (verbal e não verbal) no diagnóstico, na terapia, nas relações entre todos os envolvidos no processo terapêutico”.

O presidente da APCP, Dr. Duarte Soares, refere que “a Medicina Narrativa e os Cuidados Paliativos são sinérgicos, na medida em que as duas áreas promovem cuidados de saúde baseados na relação, assumindo que as narrativas dos vários intervenientes são parte da terapia, são uma resposta essencial à necessidade de dar qualidade ao tempo que escasseia no contexto dos cuidados de saúde, são elemento fundamental para a adesão à terapia por parte dos doentes, são condição essencial para reduzir o burnout dos cuidadores formais e informais”.

Os participantes deste workshop terão a oportunidade de:
1. Adquirir conhecimentos sobre princípios e fundamentos da Medicina Narrativa;
2. Explorar as sinergias entre Cuidados Paliativos e Medicina Narrativa;
3. Obter as ferramentas necessárias para que os conhecimentos adquiridos possam ser verdadeiramente integrados na sua prática profissional.

Para mais informações sobre as III jornadas aceda ao site da APCP.

Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019