Grupo Lusíadas apresenta projeto para nova Unidade Hospitalar em Braga
10/07/2019 18:19:59
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Grupo Lusíadas apresenta projeto para nova Unidade Hospitalar em Braga

Foi apresentado no Palácio do Raio, em Braga, o projeto da nova unidade hospitalar do grupo Lusíadas na cidade, cuja abertura está prevista para dezembro de 2019. Será um hospital de referência não só em tecnologia como também na humanização e excelência dos cuidados de saúde, assumindo-se como um centro clínico com forte pendor de ambulatório, equipado com todos os meios necessários para uma abordagem médica transversal.

 

O novo hospital vai contar com mais de 400 colaboradores entre a equipa de profissionais altamente qualificados que atualmente já colaboram com a Lusíadas Saúde na Clínica de Santa Tecla – de onde os serviços vão transitar progressivamente – e a criação de novos postos de trabalho. O Hospital Lusíadas Braga, que resulta de uma parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Braga, passará a ocupar parte das instalações do antigo Hospital de São Marcos.

O Dr. Vasco Antunes Pereira, presidente do Conselho de Administração da Lusíadas Saúde, refere que “queremos ser uma referência em Braga, investindo em tecnologia, na humanização e excelência dos cuidados de saúde à população. A Lusíadas Saúde foi o primeiro grupo privado a ter hospitais acreditados e certificados pela sua qualidade e segurança, e queremos trazer essas características que nos distinguem como prestadores de serviços de saúde para Braga”. 

Para a Dr.ª Sónia Vilaça, que assumirá a Direção Clínica do Hospital Lusíadas Braga, “a integração desta nova Unidade na cidade vai permitir aliar um corpo clínico de excelência e altamente diferenciado com as condições necessárias para um atendimento personalizado e transversal às necessidades de cada pessoa”.

A reabilitação de parte do histórico Hospital de São Marcos resultará numa Unidade altamente tecnológica e diferenciada em inovação, que contará com 37 gabinetes de consulta, salas de tratamento e exames, salas de bloco operatório e uma Unidade de Imagiologia, com equipamentos de vanguarda com resposta para diagnósticos diferenciados. O Hospital Lusíadas Braga contará também com um serviço de consultas sem marcação para situações urgentes.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019