Sociedade Portuguesa de Alergologia Pediátrica discute progressos do diagnóstico e terapêutica no 8.º Congresso
28/05/2019 17:57:21
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Sociedade Portuguesa de Alergologia Pediátrica discute progressos do diagnóstico e terapêutica no 8.º Congresso

O 8.º Congresso da Sociedade Portuguesa de Alergologia Pediátrica (SPAP) levou a Braga o debate dos progressos no diagnóstico e terapêutica. Em entrevista, o Dr. Libério Ribeiro, presidente da SPAP, faz um balanço desta reunião que procurou “fazer um ponto da situação dos temas que têm maior impacto na atividade clínica diária”. Assista ao vídeo da entrevista.

 

A relação entre o microbioma fecal e a doença alérgica foi um dos temas principais em discussão no 8.º Congresso da SPAP já que, de acordo com o Dr. Libério Ribeiro, “sabemos, hoje em dia, que a microbiota está na génese de muitas patologias”. Conforme explica o especialista, a microbiota intestinal no período pós-natal é um dos fatores essenciais para o desenvolvimento apropriado do sistema imunitário em termos de regulação, indução e manutenção da tolerância a fatores ambientais e de autoantígenos.

“Hoje em dia não se fala apenas da microbiota gastrointestinal, mas também da microbiota cutânea, ou da microbiota respiratória. Este é um campo novo da Medicina que vai abrir portas a muita investigação e que, seguramente, nos trará soluções e explicações” para muitas doenças, adianta o Dr. Libério Ribeiro. "Para o bem e para o mal, estamos “casados” com a nossa microbiota."

Os medicamentos biológicos foram outro dos assuntos em discussão no Congresso que, na perspetiva do especialista, têm ainda muitas limitações à sua utilização em idade pediátrica, defendendo que são necessários “mais estudos de eficácia e segurança para os já existentes e novos biológicos com indicações em idades mais precoces”.

 

Vídeo


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019