Projeto desenvolve guias que ajudam a lidar com a esclerose múltipla
24/04/2019 15:31:58
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Projeto desenvolve guias que ajudam a lidar com a esclerose múltipla

Facilitar a adesão ao plano terapêutico e melhorar a qualidade de vida das pessoas com esclerose múltipla são os principais objetivos de quatro guias de aprendizagem desenvolvidos por um grupo de profissionais de Saúde, constituído por quatro enfermeiras, uma neurologista, uma neuropsicóloga e uma nutricionista e o apoio da Novartis. Chama-se “Percursos da EM – Olhar, Pensar e Agir na Esclerose Múltipla” e foi já certificado pela Organização Internacional de Enfermeiros de Esclerose Múltipla (IOMSN), a primeira e única organização mundial focada exclusivamente nas necessidades e objetivos dos enfermeiros que acompanham doentes com esclerose múltipla.

 

O projeto envolve quatro guias visuais, que contêm metáforas e analogias sobre a condição da doença e suas implicações na vida do doente e família/cuidador, que permitem uma abordagem interativa através de atividades que estimulam a partilha de experiências e reflexão de tópicos relevantes relativos à gestão da doença.

Os guias serão utilizados em sessões educativas em grupo, num máximo de 10 pessoas, sob a orientação de um enfermeiro. Estes encontros interativos funcionam como estímulo para a partilha de experiências e vivências e permitem aos doentes rever conceitos aplicados à doença, possibilitando a aquisição de conhecimentos sobre a mesma.

“Sendo a esclerose múltipla uma doença crónica, progressiva e tendencialmente incapacitante, este projeto vem assumir um papel fundamental no apoio aos doentes e seus cuidadores. Este projeto, com uma forte vertente educativa, vai dotar os doentes de ferramentas e competências necessárias à tomada de decisão no que diz respeito à gestão da doença, assim como incentiva à adoção de estilos de vida mais saudáveis com impacto na melhoria da qualidade de vida destes doentes”, refere a Enf.ª Berta Augusto, do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

Cada guia é dedicado a um tema diferente: “A Viagem pela Esclerose Múltipla – Gestão da Doença”, onde vão ser abordados e explicados conceitos como o sistema nervoso central, mecanismos fisiopatológicos, tipos de doença, factos e mitos sobre a doença, consequências sociais, principais sintomas; “Mercado Sustentável – Estilo(s) de Vida Saudável”, sendo um guia dedicado à alimentação, ao exercício físico, às atividades recomendadas e não recomendadas, hábitos de vida saudável); “Parque Sintomático – Gestão de Sintomas”, onde vão ser partilhados conselhos para o doente gerir os seus sintomas visuais, sensitivos, sexuais, de equilíbrio, cognitivos, motores, entre outros; e, por fim, “Marina Terapêutica - Gestão Terapêutica”, como um apoio na gestão da terapêutica, explicando formas de administração, posologias das terapêuticas disponíveis).

O projeto foi apresentado aos enfermeiros que atuam na área da EM, estando em avaliação a implementação do mesmo em diversos hospitais do país. A iniciativa foi criada pela Enf.ª Ana Matilde Cabral, do Hospital Beatriz Ângelo, a Enf.ª Berta Augusto, a Enf.ª Isabel Ribeiro e a Enf.ª Liliana Escada do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, e pela Dr.ª Rita Simões, neurologista no Hospital Beatriz Ângelo.

Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019