Health Cluster assina pacto com Ministério da Economia. Empresa quer ultrapassar 2,5 mil milhões de euros em exportações
27/03/2019 15:16:42
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Health Cluster assina pacto com Ministério da Economia. Empresa quer ultrapassar 2,5 mil milhões de euros em exportações

A Health Cluster Portugal (HPC) assinou ontem, dia 26 de março, um pacto com o Ministério da Economia, para, entre outras medidas, dinamizar a internacionalização das empresas do setor e promover a atração de investimento estrangeiro.

 

Promover a captação de ensaios clínicos, de centros de conhecimento e de unidades de produção para Portugal e fomentar a internacionalização das empresas do setor da Saúde são alguns dos objetivos do pacto.

A assinatura deste pacto é um importante instrumento para a concretização dos objetivos estratégicos do HCP, que definiu, até 2025, ultrapassar os 2,5 mil milhões de euros de exportações em saúde e triplicar o valor dos ensaios clínicos realizados em Portugal, de 50 para 150 milhões de euros, e o número de doutorados a trabalhar em empresas da Saúde, passando de 250 para 750.

O pacto assinado é o reconhecimento do HCP enquanto cluster agregador do setor da Saúde e do seu papel na dinamização das atividades relacionadas com esta área. 

Entre os objetivos definidos nesta parceria contam-se, ainda, estimular a capacidade concorrencial entre as empresas do setor, e antecipar e preparar a evolução das necessidades da indústria, designadamente em termos de competências e empregos.

O Dr. Salvador de Mello, presidente do HCP, considera que “as ambições nacionais e internacionais do setor são reforçadas com esta parceria. Estamos perante um conjunto de ações estratégicas que deverão mobilizar todos os stakeholders para responder aos atuais desafios sociais, científicos e tecnológicos da Saúde em Portugal”. 

O setor da Saúde é responsável por 279 mil postos de trabalho e 27 mil milhões de euros de volume de negócios, dos quais 1.400 milhões de euros se destinam a exportações.

O setor regista também uma evolução significativa ao nível da produção científica (27% da produção científica total de Portugal) e um investimento em I&D a atingir os 462 milhões de euros.

Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019