Comorbilidades da diabetes representam grande impacto na qualidade de vida dos doentes e gastos para o Estado
07/03/2019 15:32:11
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Comorbilidades da diabetes representam grande impacto na qualidade de vida dos doentes e gastos para o Estado

Doenças cardiovasculares, doença renal e outras doenças associadas à diabetes são alguns dos temas que vão estar em destaque durante o 15.º Congresso Português de Diabetes, marcado para os dias 8, 9 e 10 de março, no Centro de Congressos do Algarve. Ao longo de mais de 16 simpósios e várias conferências, a reunião vai fazer um retrato do presente e do futuro da doença em Portugal e no mundo. As comorbilidades da diabetes preocupam os especialistas, tendo em conta o enorme impacto na qualidade de vida dos doentes e na despesa dos sistemas de saúde.

 

Considerada um marco dentro da temática da diabetes, patologia que afeta 415 milhões de pessoas em todo o mundo e mais de um milhão de pessoas em Portugal, são esperadas na reunião cerca de 1500 pessoas, das quais 1200 são profissionais de saúde.

Aqui prevê-se a apresentação das mais recentes inovações no diagnóstico e tratamento da doença, e na prevenção e reabilitação das suas complicações, estando em destaque os mais recentes avanços terapêuticos, as novas perspetivas da abordagem da doença cardiovascular e renal na diabetes, o papel da tecnologia, as hipoglicemias e a diabetes no mundo.

“A diabetes é uma doença que afeta mais de um milhão de portugueses, pelo que temos o dever de a tentar perceber melhor e chamar a atenção da população, das pessoas com diabetes, dos profissionais de saúde e dos decisores de políticas de saúde, para o que ainda falta fazer para melhorar a prevenção, o diagnóstico e o tratamento da diabetes, bem como a reabilitação das pessoas que vivem com esta patologia. É isso mesmo que o Congresso Português de Diabetes pretende fazer”, destaca o Prof. Doutor João Filipe Raposo, presidente do Congresso.

O presidente da Sociedade Portuguesa de Diabetologia (SPD), Dr. Rui Duarte, acrescenta que “neste evento vão ser apresentados estudos muito importantes para a área da diabetes, como os estudos Lira-SPD, RENA e CVD real – Portugal”.

Durante o 15º Congresso Português de Diabetes serão distribuídas, em formato livro de bolso, as Recomendações Nacionais da SPD para o Tratamento da Hiperglicemia na Diabetes Tipo 2. Este documento, redigido por profissionais de saúde do Grupo de Trabalho para as Recomendações Terapêuticas da SPD, defende que o tratamento desta doença se torne cada vez mais individualizado, olhando para além da hiperglicemia e tendo em conta os problemas ou riscos cardiovasculares ou renais.

Durante o encontro vai ainda ser entregue o prémio de carreira ao Dr. Eurico Gomes, chefe de serviço de Medicina Interna e fundador da unidade de Diabetologia do Hospital de Faro, bem como entrega de diversas bolsas e prémios para apoio à investigação e para os melhores trabalhos originais apresentados no Congresso.

Saiba mais sobre o evento aqui.

Vídeo


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019