HPA inaugura Unidade de Gastrenterologia com tecnologia que proporciona maior sensibilidade a tumores
15/01/2019 11:42:43
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
HPA inaugura Unidade de Gastrenterologia com tecnologia que proporciona maior sensibilidade a tumores

Hoje, 15 de janeiro, foi inaugurada a nova unidade de Gastrenterologia (endoscopia alta e colonoscopia) do Hospital Particular de Almada. O serviço pretende agora responder às necessidades de uma população envelhecida e com co-morbilidades.

Na iniciativa destacam-se as presenças da Dr.ª Inês de Medeiros, Presidente da Câmara Municipal de Almada, que inaugura a nova unidade, o Prof. Doutor Miguel Guimarães, Bastonário da Ordem dos Médicos, o Dr. Marques Mendes e os Profs. Doutores Adalberto Campos Fernandes.

Este investimento resulta da parceria entre o HPA e a Affidea, alinhados no objetivo de salvaguardar “sobretudo o cuidado ao utente”. Através de algumas convenções, a população mais desfavorecida pode ter acesso a cuidados diferenciados num ambiente de proximidade.

O HPA é um dos poucos hospitais portugueses que é propriedade exclusiva de um pequeno grupo de médicos cujos princípios éticos e deontológicos os fazem dar preferência ao “bem cuidar dos pacientes” afirma em comunicado o Dr. Pedro Canas Mendes, diretor clínico do HPA, que acrescenta que “tem sido esta a lógica do desenvolvimento, além de nos focarmos em introduzir diferenciação tecnológica”.

Essa “diferenciação” está presente em diversos elementos como a Narrow Band Imaging (NBI), a única cromoendoscopia virtual que utiliza uma classificação internacionalmente validada e reconhecida - a classificação NICE. É feita de filtros de luz, o que corresponde ao espectro de absorção da hemoglobina no sangue, aumentando o contraste e visualização de padrões para um diagnóstico preciso do tecido.

A NBI pode proporcionar uma maior sensibilidade a tumores e a outros crescimentos anormais. Funciona por inserção responsiva o que significa que é uma tecnologia combinada porque reúne em si três tecnologias distintas que levam a uma navegação mais rápida e fácil.

Ainda a propósito de tecnologia, o diretor clínico da nova unidade de Gastrenterologia, Dr. João Freitas, acrescenta que “os endoscópios são aparelhos cujo zoom de foco duplo permite uma excelente qualidade de imagem, o que permite detetar lesões mais pequenas com maior rigor”. O especialista destaca ainda a sala de processamento que “está preparada para uma pressão negativa, o que significa que nunca sai ar para fora, evitando assim a contaminação do ar exterior.”

Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019