Universidade do Algarve comemora 10 anos de mestrado integrado em Medicina
04/01/2019 17:08:15
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Universidade do Algarve comemora 10 anos de mestrado integrado em Medicina

O mestrado integrado em Medicina da Universidade do Algarve (UAlg) comemorou em 2018 10 anos de existência. Este foi o primeiro mestrado em Medicina criado em Portugal, à semelhança do que já existe na maioria dos países desenvolvidos, exclusivamente para alunos que detenham o primeiro ciclo de estudos universitários.

“Na UAlg queremos formar homens e mulheres com elevado grau de humanismo na sua relação profissional com os doentes, atuando sempre com empatia e compaixão”, explica o Prof. Doutor José Ponte, o fundador deste curso de Medicina, num comunicado divulgado à comunicação social.

Em construção desde 1998, a abertura do curso foi anunciada pelo primeiro-ministro Mariano Gago, em 2008.

A receber mais de 400 candidaturas por ano, para 48 vagas, este curso já formou cerca de 200 médicos, que se encontram atualmente distribuídos por todo o país e em países europeus, pela maioria das especialidades médicas, como é o caso da Neurocirurgia, Cardiologia, Cirurgia Maxilofacial, Medicina Geral e Familiar (MGF), Gastroenterologia, Urologia e Anestesia. Esta distribuição apresenta uma particularidade que concretiza um dos grandes objetivos deste curso: a fixação de médicos no Algarve, uma vez que mais de um terço dos médicos formados fica na região.

Com uma duração de quatro anos, após os, pelo menos, três anos de licenciatura base, esta formação junta a vertente teórica à prática, tendo como referência os métodos de ensino do Reino Unido, Canadá e Austrália. Outra grande diferença em relação aos outros cursos de Medicina relaciona-se com os critérios de seleção: para além de ser necessário deter uma licenciatura em ciências, os candidatos são, também, submetidos a uma primeira fase de avaliação das suas capacidades cognitivas e linguísticas e, a uma outra, baseada na avaliação dos valores humanos.

Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019