Doenças respiratórias matam 48 pessoas por dia em Portugal, revela ONDR
13/12/2018 17:25:02
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Doenças respiratórias matam 48 pessoas por dia em Portugal, revela ONDR

Por dia, morrem em Portugal cerca de 48 pessoas devido a doenças respiratórias. Numa tentativa de avaliar o panorama português no que a esta temática diz respeito, o Observatório Nacional das Doenças Respiratórias (ONDR) reúne, anualmente, em relatório os principais indicadores de saúde respiratória, a evolução dos dados na última década e a comparação da realidade nacional com a do resto da Europa. Hoje, dia 13 de dezembro, foi apresentado o 13.º Relatório. Em entrevista à News Farma, o Dr. António Carvalheira Santos, responsável pelo ONDR, destaca aquelas que foram as principais conclusões do documento. Assista ao vídeo.

 

Ainda que, como afirma o especialista, Portugal não seja pior do que os outros países, em termos de, por exemplo, número de fumadores e qualidade do ar, verificam-se “indicadores muito mais graves em Portugal quando comparando com a restante Europa”. O caso da pneumonia, do cancro do pulmão e da doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) é exemplo disso mesmo.

No entanto, “não temos só coisas más”. O que fica a faltar é uma maior rapidez no diagnóstico e uma boa reabilitação respiratória.

“Precisamos de um bom diagnóstico e de um diagnóstico precoce, que é feito, por um lado, através de uma TAC, e, por outro, através da espirometria” que deve ser mais disseminada. Além disso, “também a reabilitação respiratória deve ser difundida”, acrescenta o Dr. António Carvalheira Santos.

 

Vídeo


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019