Mais de 400 oncologistas unidos para conduzir o progresso e estabelecer prioridades
23/11/2018 10:32:42
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Mais de 400 oncologistas unidos para conduzir o progresso e estabelecer prioridades

Pela primeira vez, o 15.º Congresso Nacional de Oncologia passa a realizar-se anual e consecutivamente, este ano com o mote “Conduzir o progresso, estabelecer prioridades”. Na sessão de abertura da reunião, decorrida ontem, 22 de novembro, o presidente da Sociedade Portuguesa de Oncologia (SPO), Dr. Paulo Cortes, destacou o forte impacto das doenças oncológicas e os “avanços galopantes na área da investigação” que, entre outras razões, ditaram a necessidade da SPO realizar a sua reunião magna com uma periocidade anual.

Na sessão de abertura, o Dr. Paulo Cortes manifestou uma “enorme satisfação” em constatar a cada edição “um maior envolvimento no nosso congresso de todos os que lidam diariamente com a doença oncológica”.

A edição de 2018 do Congresso conta com mais de 400 pessoas inscritas, cerca de 150 palestrantes e convidados, uma comissão científica composta por 41 profissionais e uma comissão avaliadora de trabalhos com 50 membros. Para além disso, fez ainda referência aos “12 magníficos da comissão organizadora” e os 13 elementos que constituem o Núcleo de Internos e Jovens Especialistas da SPO.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019