Unidade Móvel de Rastreios “Saúde + Perto” promove mais de mil rastreios no último ano
Unidade Móvel de Rastreios “Saúde + Perto” promove mais de mil rastreios no último ano

A celebrar o seu 28.º aniversário, a Liga Portuguesa Contra a SIDA (LPCS) anunciou recentemente os resultados preliminares do balanço do último ano de atividade da Unidade Móvel de Rastreios “Saúde + Perto”, com dados de 17 de outubro de 2017 a 16 do mesmo mês deste ano. A iniciativa da LPCS realizou 1209 rastreios aos utentes durante esse período, tendo realizado aconselhamento informativo e preventivo a mais 593 utentes, perfazendo um total de 1802 utentes.

Na maioria dos casos (59,4%) foram homens a ser atendidos, seguidos por 722 mulheres (40,1%) e nove transexuais (0,5%).

A iniciativa realizou testes rápidos de deteção ao VIH a 1.203 utentes, sendo que 1.173 destes pediram também rastreio a pelo menos uma outra infeção sexualmente transmissível (IST).

35 pessoas pediram testes apenas ao VIH, enquanto 1.168 fizeram-no ao VIH e a outras IST e seis somente às IST e não ao VIH.

Quantos aos resultados dos testes de rastreio, foram identificados 28 casos de VIH +, 21 de VHB +, 51 de VHC + e dois de HPV, num total de 103 utentes.

Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019