Capacitação do doente é o foco da Sociedade Portuguesa de Reumatologia
27/06/2018 12:01:08
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Capacitação do doente é o foco da Sociedade Portuguesa de Reumatologia

“O doente deve ser, tal como em qualquer especialidade, o foco de toda a nossa atividade. E acho que ainda há muito a fazer relativamente à capacitação do doente”. Quem o afirma é o Dr. Luís Miranda, agora presidente da Sociedade Portuguesa de Reumatologia (SPR). Em entrevista à News Farma, o especialista faz uma antevisão daquilo que espera do seu mandato, “com muito trabalho”, esperando “não estragar o que está bem feito”. Assista ao vídeo.

 

Relativamente ao que pretende manter na SPR, o Dr. Luís Miranda menciona as Recomendações, o Reuma.pt e a Acta Reumatológica Portuguesa. Quanto ao que prevê para o futuro, ele passa pelo investimento “na área da investigação”, “na gestão das unidades de Saúde” e “na atividade centrada no doente”.

Caracterizando a Reumatologia em Portugal como “bipolar”, o presidente da SPR afirma que, embora seja uma especialidade “altamente científica”, está a ter cada vez mais dificuldades em diferenciar-se no contexto hospitalar.

 

Vídeo


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019