Doença de Parkinson e outras demências podem ser potenciadas por mutações genéticas
14/06/2018 17:46:57
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Doença de Parkinson e outras demências podem ser potenciadas por mutações genéticas

Um estudo internacional, publicado na revista científica Lancet Neurology, identificou, pela primeira vez, variações no gene LRP 10 em doentes com doença de Parkinson e demência de corpos de Lewy, duas doenças neurodegenerativas, cujas causas são ainda desconhecidas. O projeto, que sugere uma associação entre alterações genéticas e o aparecimento de demências, contou com a colaboração de investigadores portugueses.

 

“Esta descoberta abre uma nova janela sobre os mecanismos moleculares dessas doenças neurodegenerativas comuns e pode abrir caminho para a identificação de novos biomarcadores e novas terapias modificadoras da doença», afirma o líder da equipa de investigadores, Dr. Vincenzo Bonifati, do Centro Médico Erasmus de Roterdão.

Os investigadores portugueses participantes no estudo provêm do serviço de Neurologia do Hospital de Santa Maria, da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e do Instituto de Medicina Molecular.

Ainda que os casos de origem genética destas doenças sejam raros, a “identificação de novos genes é de elevada importância para o melhor conhecimento das alterações cerebrais que causam a doença e para o desenvolvimento de novos medicamentos”, sublinham os especialistas.

Para mais informações, consulte aqui o estudo.

 

Fonte: SNS

 


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019