Está a chegar o primeiro Pharmacy@Lisbon organizado pela FFUL
25/05/2018 15:35:26
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Está a chegar o primeiro Pharmacy@Lisbon organizado pela FFUL

O “Pharmacy@Lisbon” vai decorrer, pela primeira vez, já no próximo dia 28 de maio, segunda-feira, na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (FFUL), resultando de uma iniciativa do Departamento de Sócio Farmácia (DSF) da FFUL. O evento vai focar-se nas áreas de investigação em Farmacoepidemiologia, Farmacoterapia, Farmacovigilância, prática de Farmácia, Saúde Pública e políticas de Saúde, incluindo também a avaliação de tecnologias de Saúde.

 

Este ano, a comissão organizadora espera que seja apenas o início de reuniões anuais, celebradas sempre próximas do “Dia da Faculdade”, que se assinala desde 26 de maio de 2011, a data da primeira alteração do plano de estudos da então Escola de Farmácia já na Universidade de Lisboa fundada poucos meses antes.

Presentes no encontro vão estar diversos conferencistas, tais como o Prof. José Pereira Miguel, coordenador para a agenda nacional para a vida saudável e envelhecimento ativo, e o Prof. Alan Llys, da University of Baltimore, nos Estados Unidos da América. Também como convidada vai estar a diretora-geral da Saúde, Dr.ª Graça Freitas.

“Pharmaceutical Services”, “Health Research with Electronic Records” e “Pharmaceutical Counseling” são alguns dos painéis previstos no programa do evento.

O “Pharmacy@Lisbon” destina-se a profissionais e investigadores das áreas da Saúde relevantes para os temas em discussão, bem como de áreas relacionadas, incluindo alunos do último ano do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas. As inscrições estão limitadas a 350 pessoas.

Mais informações aqui.

 


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019