AbbVie é a segunda companhia farmacêutica mais reputada no mundo segundo associações de doentes
19/04/2018 16:39:29
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
AbbVie é a segunda companhia farmacêutica mais reputada no mundo segundo associações de doentes

Pelo terceiro ano consecutivo, a AbbVie foi considerada a segunda companhia farmacêutica mais reputada no mundo, por um estudo internacional feito a associações de doentes, liderado pelo Patient View, uma entidade independente que tem como objetivo dar voz aos doentes no que respeita à sua participação em tomadas de decisão sobre Saúde.

Num total de 12 indicadores-chave, a AbbVie ficou em segundo lugar em metade deles: foco no doente, transparência no preço, transparência no financiamento de stakeholders externos, integridade, qualidade das relações com as associações de doentes e ‘beyond the pill’, critério que avalia os serviços prestados que vão além do medicamento em si. 

Em termos gerais, as associações de doentes consideram que se verificou um aumento na reputação da indústria, bem como um incremento das estratégias centradas no doente, da integridade e dos serviços prestados além do medicamento em si. Nos critérios relacionados com a inovação, a qualidade dos produtos, a segurança dos doentes, a transparência do financiamento a entidades externas e a informação disponibilizada foram mais exigentes.

Num comunicado divulgado à comunicação social, o diretor-geral da AbbVie Portugal, Dr. Carlo Pasetto, mostra-se orgulhoso com esta distinção e refere que as associações de doentes "são para nós parceiros fundamentais e este estudo mostra que também elas nos vêem como parceiros de confiança". "Este reconhecimento é muito gratificante e é um claro sinal de que a nossa abordagem centrada no doente tem um impacto notável na vida das pessoas”, acrescenta.

O estudo independente, denominado “Reputação Institucional da Indústria Farmacêutica em 2017 – A perspetiva dos doentes”, avaliou as perspetivas de 1.330 associações de doentes, de 95 países quanto à reputação corporativa de 46 companhias farmacêuticas, baseada em 12 indicadores-chave.

Consulte aqui o resumo do estudo. Mais informações disponíveis aqui.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019