Nudge Portugal: a startup portuguesa que traz benefícios para a Saúde dos portugueses
03/04/2018 17:20:14
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Nudge Portugal: a startup portuguesa que traz benefícios para a Saúde dos portugueses

A Nudge Portugal, uma startup incubada na Healthcare City, está a implementar diversas medidas em empresas nacionais que permitem alcançar diversos benefícios na saúde dos portugueses. Diminuição da prescrição de antibióticos, o aumento da realização de check-ups anuais, o aumento do consumo de vegetais e a redução da mortalidade dos doentes em procedimentos de ventilação pulmonar são alguns dos seus benefícios.

A start up portuguesa verificou também que, através da inversão da ordem de listagem dos medicamentos genéricos do fim para o início, era possível aumentar a taxa de prescrição destes medicamentos em 23,4%. No que refere aos check-ups anuais, foi possível compreender que ao utilizar um incentivo financeiro, nomeadamente uma lotaria, se conseguia aumentar de 40% para 64% a realização dos mesmos.

Outra das conclusões está relacionada com o aumento, em 20%, do consumo de brócolos num refeitório através da implementação de uma regra que coloca os vegetais no início e no fim do linear.

O envio de uma notificação aos profissionais que integram a lista dos 10% dos médicos que mais prescreveram antibióticos nos últimos seis meses permitiu uma redução de 74 mil atos de prescrição. A empresa conseguiu ainda prever uma redução de 25% de óbitos de doentes em procedimentos de ventilação pulmonar, através da alteração do default do ventilador para volumes de ar inferiores.

O Prof. Doutor Nuno Carvalho, CEO da Healthcare City, revela que “projetos como o da Nudge são exemplo do que a Healthcare City pode fazer em concreto pelos empreendedores que normalmente aparecem com uma vaga ideia do que querem fazer e que saem do programa com um negócio que contribui para a economia e inovação na saúde”.

A Healthcare City resulta de uma parceria entre a Nova Medical School, a Janssen, companhia farmacêutica do Grupo Johnson & Johnson, o Grupo Lusíadas Saúde (AMIL e UnitedHealth) e a Médis (Grupo Ocidental), com o objetivo comum de estimular empreendedores, sejam eles startups ou empresas, a desenvolver as suas ideias e dinamizar a oferta de soluções inovadoras para o setor da saúde e bem-estar.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019