Baxter lança nova terapia de hemodiálise
28/03/2018 15:14:16
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Baxter lança nova terapia de hemodiálise

No decorrer do Encontro Renal 2018, reunião que terminou a 24 de março, no Algarve, a Baxter lançou a sua mais recente terapia de hemodiálise, a hemodiálise HDx. O tratamento utiliza um dialisador que se adapta à diálise convencional, com uma membrana e design inovadores que permite uma filtração mais próxima da função renal natural.

Em comunicado, o Dr. Laurent Juillard, médico nefrologista e diretor do Serviço de Nefrologia e Diálise dos Hospitais Civis de Lyon, Universidade de Lyon, em França, explica que a nova terapêutica "vem dar resposta a uma necessidade real e que tem implicações na saúde dos doentes a longo prazo". De acordo com o especialista,"a grande inovação desta terapêutica reside no facto de permitir a eliminação de moléculas que não são possíveis de remover com os tratamentos de diálise disponíveis. Uma forte semelhança com a membrana do rim humano permite a purificação do sangue de uma forma mais eficiente".

Esta terapia de hemodiálise convencional tem uma eficácia semelhante à hemodiafiltração on-line e o perfil de filtração possível com a terapêutica HDx é o mais próximo da função natural do rim. No entanto, a Baxter refere que a "aplicação deste tratamento (hemodiafiltração on-line) implica custos mais elevados e um grau de especialização maior por parte dos profissionais de Saúde".

Em alternativa, e de acordo com vários estudos, a terapêutica HDx, "permite obter resultados semelhantes à HDFol na remoção de médias moléculas, com a vantagem de que podem ser obtidos através da utilização de monitores de hemodiálise convencional", como explica a Baxter.

A empresa avança ainda que "o dialisador THERANOVA possui uma membrana inovadora que permite uma eliminação mais eficaz das moléculas médias e de maior dimensão quando comparadas às membranas de alto fluxo". Dois ensaios clínicos realizados demonstraram que a utilização deste dialisador permite reduzir a concentração de pequenas moléculas como a creatina e a ureia, médias moléculas convencionais como a beta-2m e grandes médias moléculas como a mioglobina.

O Dr. Filipe Granjo Paias, diretor-geral da Baxter Portugal, considera que "a introdução da terapêutica de hemodiálise HDx da Baxter nas unidades de saúde permite o acesso dos doentes a cada vez melhores tratamentos de hemodiálise, com um aumento considerável da sua qualidade de vida”.

A terapêutica de hemodiálise HDx está indicada para doentes que necessitem de um aumento da eliminação de toxinas urémicas de maior dimensão e que não tenham acesso à hemodiafiltração on-line.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019