INSA desenvolve plataforma online que quer ajudar na prevenção e no controlo da gripe
06/02/2018 15:04:07
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
INSA desenvolve plataforma online que quer ajudar na prevenção e no controlo da gripe

É já amanhã, dia 7 de fevereiro, que o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) promove, nas suas instalações em Lisboa, uma sessão pública de apresentação da plataforma bioinformática "INSide the FLU" (INSaFLU), desenvolvida pelo Núcleo de Estudos de Bioninfomrática da Universidade do Mino (NEBiUM) e pelo Laboratório Nacional de Referência para o Vírus da Gripe (LNRVG). A iniciativa tem como objetivo demonstrar a utilização e o potencial da nova plataforma inovadora que permitirá fortalecer a vigilância da gripe.

INSaFLU é a primeira plataforma online, a nível mundial, de livre acesso e de fácil utilização para a integração da análise total do genoma do vírus influenza na vigilância da gripe o que irá ser decisivo para o aumento do conhecimento e inovação em áreas fundamentais para a prevenção e o controlo desta doença. A nova ferramenta poderá ser decisiva, por exemplo, para melhorar o design das vacinas antigripais, para a identificação dos mecanismos genéticos responsáveis pela resistência a fármacos antivirais e para uma melhor compreensão da capacidade de transmissão e virulência do vírus influenza.

Um dos principais obstáculos à análise dos dados da sequenciação total do genoma prende-se com a necessidade de aplicar métodos complexos de bioinformática, os quais requerem um expertise especializado, não disponível na maior parte dos laboratórios a nível mundial. Outra vantagem da plataforma INSaFLU é permitir ultrapassar essa lacuna, já que qualquer microbiologista, mesmo sem conhecimentos em bioinformática, pode proceder à análise do genoma total do vírus influenza.

Desenvolvida pelo NEBiUM e LNRVG, esta plataforma já foi considerada de grande valor pelos parceiros da Rede Europeia de Vigilância da Gripe. No seguimento da disponibilização desta nova ferramenta de vigilância, no passado dia 25 de janeiro, especialistas do Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças na área da gripe solicitaram ao Instituto Ricardo Jorge uma demonstração do funcionamento da plataforma.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019