“44 anos de Serviço Público”: a última intervenção do Dr. Francisco George como diretor-geral da Saúde
20/10/2017 18:07:20
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
“44 anos de Serviço Público”: a última intervenção do Dr. Francisco George como diretor-geral da Saúde

Ao cessar funções como diretor-geral da Saúde, por limite de idade, o Dr. Francisco George realizou hoje, dia 20 de outubro, a sua última intervenção, intitulada “44 anos de Serviço Público”. Na cerimónia realizada na reitoria da Universidade Nova de Lisboa, foram inúmeras as personalidades ligadas às áreas da Saúde e da política que não quiseram deixar de estar presentes, em homenagem a um homem que esteve à frente da Direção-Geral da Saúde (DGS) desde 2005.

A abertura da sessão esteve a cargo do Dr. Eduardo Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da República, amigo de infância do Dr. Francisco George e que sempre acompanhou o seu percurso pessoal e profissional. O ministro da Saúde, Prof. Doutor Adalberto Campos Fernandes, fez o encerramento da cerimónia.

Em entrevista, o Dr. Francisco George revela que sempre foi “um homem de lutas”, recordando algumas que marcaram o seu mandato enquanto diretor-geral da Saúde. Como “momento marcante” da sua carreira, o ainda diretor-geral da Saúde recorda a descoberta da SIDA. Mais recentemente, o Dr. Francisco George lembra a “epidemia de Vila Franca de Xira”, referindo-se ao surto de legionella que assolou a região em 2014.

O Dr. Francisco George enalteceu também a importância da relação entre os órgãos legisladores da Saúde e a comunicação social para a dinamização da Saúde Pública.

Relativamente a projetos para o futuro, o Dr. Francisco George anuncia que vai “apresentar uma candidatura à presidência da Cruz Vermelha Portuguesa”.

Prémio de Saúde Pública Francisco George

Ainda na cerimónia, o ministério da Saúde anunciou a instituição do Prémio de Saúde Pública Francisco George, cujo objetivo é distinguir trabalhos e estudos de investigação, inéditos e inovadores, em temas de saúde pública de relevante interesse e impacto para a defesa da saúde pública. 

O anúncio público da abertura oficial das candidaturas ao Prémio, no montante de cinco mil euros, realiza-se no dia 7 de abril, Dia Mundial da Saúde, e a apresentação das candidaturas decorrerá no período de 1 de junho a 31 de agosto. Consulte aqui o regulamento. 

Vídeo

Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019