“Takeda-ismo”: farmacêutica soma mais de 235 anos de compromisso com a Saúde
04/10/2017 15:39:07
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
“Takeda-ismo”: farmacêutica soma mais de 235 anos de compromisso com a Saúde

O Museu do Oriente, em Lisboa, foi o local simbólico escolhido pela Takeda Portugal para fazer a sua apresentação oficial aos parceiros portugueses, numa cerimónia decorrida ontem, dia 3 de outubro. Esta empresa farmacêutica, cuja história se iniciou no Japão, chegou a Portugal em 2009. Veja a galeria de fotografias do evento.

Na cerimónia esteve presente o embaixador do Japão em Portugal, Hiroshi Azuma, que reforçou a ligação próxima entre Portugal e o Japão, que remonta aos tempos dos Descobrimentos.

Durante a sessão, os presentes puderam conhecer o percurso da Takeda ao longo dos anos, desde a sua fundação em Osaka em 1781. Com mais de 235 anos de compromisso com a Saúde, a farmacêutica dispõe atualmente de 18 fábricas na Europa, América e Ásia e 19 unidades de Investigação e Desenvolvimento (I&D) na Europa, Ásia e América, empregando um total de 31 mil colaboradores em 70 países.

Tal como referiu o Dr. Ignacio Gonzalez, general manager da Takeda Ibéria, a farmacêutica rege a sua atividade com base nos valores da integridade, justiça, honestidade e perseverança, uma filosofia que a empresa intitula de “Takeda-ismo” e que vai ao encontro da missão de conseguir disponibilizar uma melhor Saúde e um futuro mais promissor à população mundial, através de uma clara liderança na inovação em Medicina.

A atividade da empresa farmacêutica está concentrada em quatro áreas terapêuticas fundamentais: Gastrenterologia, Oncologia, Sistema Nervoso Central e Vacinas. Em Portugal, a Takeda foca-se nas especialidades e medicamentos para Gastrenterologia e Oncologia, com particular incidência na Hemato-Oncologia, sendo parceira dos profissionais de saúde e dos doentes que sofrem de doenças como linfoma de Hodgkin, mieloma múltiplo, doença de Crohn e colite ulcerosa.

“A Takeda está empenhada no compromisso de melhorar a saúde dos doentes em Portugal”, explicou durante a sua apresentação o Dr. Robert J. Lasek, country lead da Takeda Portugal. “Queremos ser parceiros preferenciais dos profissionais de saúde. O nosso objetivo é proporcionar terapêuticas inovadoras”.

Na sessão, a farmacêutica anunciou que, a partir de 2018, irá lançar em Portugal novos produtos para o tratamento do mieloma múltiplo (MM), cancro do pulmão, doença de Crohn e fístulas. A empresa deu ainda a conhecer alguns dos projetos que apoia no âmbito da responsabilidade social.

O final da cerimónia ficou marcado pela atribuição de uma verba simbólica à Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental  (APPACDM) de Lisboa, uma das associações que a empresa apadrinha.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019