Prémio Pulido Valente Ciência vai distinguir investigação na área cardiovascular
Prémio Pulido Valente Ciência vai distinguir investigação na área cardiovascular

“Patologia Cardiovascular – Investigação Básica, Translacional e Clínica” foi o tema escolhido para a edição deste ano do Prémio Pulido Valente Ciência, atribuído anualmente pela Fundação Professor Francisco Pulido Valente e pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT). As candidaturas estão abertas até ao dia 29 de setembro.

Nesta edição, o prémio visa distinguir o melhor trabalho publicado na área cardiovascular levado a cabo por um investigador com menos de 35 anos num Laboratório nacional. O vencedor recebe um montante de 10 mil euros.

De acordo com o regulamento, todos os anos cada prémio distingue um trabalho numa área específica das Ciências Biomédicas: Neurociências, Microbiologia, Biologia Celular e Molecular Aplicadas à Medicina, Citogenética e Genética Molecular, Patologia Celular e Molecular, Física Médica e outras a considerar oportunamente.

O Prémio Pulido Valente Ciência 2016, na área da Neurociências, foi atribuído à Dr.ª Roksana Maria Pirzgalska, primeira autora do artigo “Sympathetic Neuro-adipose Connections Mediate Leptin-Driven Lipolysis”, publicado na revista CELL em 2015. A investigação foi efetuada no âmbito do doutoramento que está a realizar no Instituto Gulbenkian de Ciência em Oeiras.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019