Cladribina recebe opinião positiva do CHMP para o tratamento de esclerose múltipla
29/06/2017 16:31:14
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Cladribina recebe opinião positiva do CHMP para o tratamento de esclerose múltipla

O Comité dos Medicamentos para Uso Humano (CHMP) da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) emitiu uma opinião positiva referente à aprovação da Cladribina Comprimidos para o tratamento da esclerose múltipla (EM) com surtos. O anúncio foi feito na passada sexta-feira, dia 23 de junho, pela Merck.

Belén Garijo, CEO da Merck Healthcare e membro do Conselho de Administração da Merck adianta que a notícia é “um desenvolvimento extraordinário” para a marca, que a partir desta opinião “aguarda com expetativa a decisão da Comissão Europeia e a oportunidade de fazer a diferença no paradigma de tratamento da EM”.

A opinião positiva do CHMP é baseada em dados de mais de 10 anos observação, com mais de 2.700 doentes incluídos no programa de ensaios clínicos. O programa de desenvolvimento clínico incluiu dados de três ensaios clínicos de fase III, o CLARITY, o CLARITY EXTENSION e o ORACLE MS, do ensaio clínico de fase II ONWARD e dados de seguimento a longo prazo do estudo de registo prospetivo PREMIERE, obtidos ao longo de 8 anos. Os resultados de eficácia e de segurança destes ensaios clínicos permitiram uma caraterização completa do perfil de benefício/risco da Cladribina Comprimidos.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019