Dimorfias Dentofaciais discutidas na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto
Dimorfias Dentofaciais discutidas na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

O evento “DDF PORTO 2017 – Dismorfias Dentofaciais, perspetivas ortodôntico-cirúrgicas” tem lugar no auditório do Centro de Investigação Médica, da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, entre os dias 30 de junho e 1 de julho. Ao longo dos dois dias de Congresso especialistas em áreas com a Estomatologia, Otorrinolaringologia, Cirurgia Maxilofacial, Cirurgia Plástica, Medicina Dentária, Medicina Física e de Reabilitação e Fisioterapia, juntam-se para discutir as Dismorfias Dentofaciais (DDF), uma patologia transversal a todas estas áreas.

No programa destacam-se as participações do Dr. Shalin Shah, ortodontista dos Estados Unidos da América, que vem falar sobre “Quantificação da Dimensão Transversal”; do Prof. Carlos Cabrera que irá abordar o “Diagnóstico cirúrgico ortológica”; e, em especial, do Dr. William Arnett, cirurgião maxilo facial dos EUA, formador no curso pré-congresso sobre planeamento ortodôntico-cirúrgico.

O Dr. João Correia Pinto, presidente do congresso explica que “embora não haja dados concretos sobre a prevalência em Portugal, nos EUA e Reino Unido estima-se que, pelo menos, 5% da população tenha uma dismorfia dentofacial”. Desta forma, estando a abordagem desta patologia dispersa por várias áreas do saber é importante “concatenar conhecimentos e experiências de forma a alcançar o melhor tratamento para o doente”, conclui o especialista.

Para mais informações consulte o site do evento.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019