AbbVie doa fibroscan portátil à APEF
08/06/2017 15:09:01
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
AbbVie doa fibroscan portátil à APEF

A Associação Portuguesa para o Estudo do Fígado (APEF) vai receber da farmacêutica AbbVie a doação de um fibroscan portátil, um método não invasivo que permite avaliar o grau de fibrose hepática associado à infeção pelo vírus da hepatite C. A entrega deste equipamento, está prevista para esta tarde, dia 8 de junho, no âmbito da Semana Digestiva 2017, que está a decorrer no Palácio de Congressos do Algarve.

No seguimento da conferência “Hepatite C, Pensar o Futuro”, que aconteceu em março deste ano e durante a qual se concluiu que há ainda muito a fazer para eliminar a hepatite C enquanto problema de saúde pública, vai agora ser dado o primeiro passo na resolução de uma das principais necessidades identificadas pelos doentes e ativistas presentes na plateia: a necessidade de que os hospitais estejam munidos de um fibroscan que torne mais ágil a análise do grau de fibrose do fígado e, consequentemente, uma rápida referenciação para tratamento.

“Para dar início ao tratamento dos doentes com hepatite C é necessário avaliar o grau de fibrose do fígado para confirmar o estádio da doença”, explica a Prof.ª Doutora Adélia Simão, presidente da APEF, acrescentando que “atualmente este exame não está disponível em todos os centros pelo que a sua realização noutras unidades hospitalares aumenta os custos, o desconforto dos doentes e gera atraso no início da terapêutica.”

A doação deste equipamento por parte da AbbVie vai permitir que os associados da APEF possam ter acesso a este meio de avaliação do grau de fibrose hepática e assim colmatar a sua inexistência em alguns hospitais do país. A partir de agora, os médicos associados da APEF que trabalhem nestas unidades vão poder requisitar o fibroscan à APEF, que assim contribui para que os doentes tenham uma avaliação mais rápida do seu grau de fibrose hepática e um acesso mais precoce ao tratamento.

A elastografia hepática transitória (fibroscan) é um método não invasivo de avaliação da fibrose nas doenças hepáticas crónicas, evitando a biópsia em muitos casos. Os atuais aparelhos permitem também avaliar a esteatose hepática.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019