830 investigadores participam em quase 400 ensaios clínicos em Portugal
22/05/2017 16:29:26
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
830 investigadores participam em quase 400 ensaios clínicos em Portugal

Estão a decorrer 382 ensaios clínicos em Portugal, nos quais estão envolvidos cerca de 830 investigadores, de 88 centros de investigação. De acordo com dados recolhidos pelo Infarmed, estes ensaios preveem a inclusão de 13 mil voluntários, embora o número real de participantes tenda a ser inferior no final dos estudos. Estes dados surgem no âmbito do Dia Internacional dos Ensaios Clínicos, assinalado a 25 de maio, e revelam que a investigação está a aumentar em Portugal.

Em apenas cinco anos, houve um crescimento de 66% no número de ensaios clínicos autorizados, que passaram de 87 para 144 em 2016. No primeiro trimestre de 2017 já foram autorizados 24. Apesar dos resultados, Portugal ainda tem um grande potencial de crescimento na captação de ensaios clínicos.

Quanto às áreas de investigação, destacam-se as doenças oncológicas, com 43% do total, as doenças do sistema nervoso (10%) ou Reumatologia (8%), sendo cerca de metade dos ensaios clínicos realizados no Centro Hospitalar de Lisboa Norte (CHLN), Centro Hospitalar Universitário de Coimbra (CHUC), Centro Hospitalar de São João (CHSJ), Centro Hospitalar do Porto (CHP) e Instituto Português de Oncologia do Porto (IPO-Porto).

Apesar de continuar a haver um predomínio dos ensaios de fase III, no ano passado atingiu-se um recorde de ensaios de fase I (26), a que se juntam outros 26 de fase II, o que demonstra que Portugal se está a tornar mais atrativo para ensaios em fase mais precoce.

Para o crescimento da investigação devem ser destacados contributos importantes, como a nova lei da Investigação Clínica e o Registo Nacional de Estudos Clínicos, que começou a ser utilizado em dezembro e que permite aumentar a transparência, desmaterializar os pedidos, acelerar os processos e ainda cativar mais voluntários para os ensaios, já que os cidadãos passaram a ter acesso aos ensaios que estão em curso, às suas áreas e locais onde se realizam.

Peso das áreas de investigação no total dos 382 ensaios clínicos em curso

Doenças oncológicas - 43%

Doenças do sistema nervoso - 10%

Reumatologia - 8%

Doenças infecciosas - 7%

Doenças cardiovasculares - 5%

Doenças congénitas ou genéticas - 4%

Oftalmologia - 4%

Doenças respiratórias - 4%

Doenças do sistema digestivo - 4%

Doenças renais - 3%

Doenças metabólicas - 3%


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019