Novo tratamento para o mieloma múltiplo aprovado pela Comissão Europeia
03/03/2017 16:36:03
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Novo tratamento para o mieloma múltiplo aprovado pela Comissão Europeia

No Mês de Consciencialização para o Mieloma Múltiplo, foi aprovado pela Comissão Europeia o primeiro tratamento de manutenção de doentes adultos com mieloma múltiplo (MM) recém-diagnosticado e que foram submetidos a transplante.

O novo tratamento assinala um marco importante na investigação e tratamento do MM, dando uma opção terapêutica e uma nova esperança a pessoas com esta doença. Este é um medicamento, por via oral (em cápsulas), que só pode ser prescrito em ambiente hospitalar por especialistas em Hemato-oncologia para identificar quais os doentes candidatos e este tipo de tratamento.

A aprovação pela Comissão Europeia é única para um medicamento imunomodulador e resulta do extenso programa de investigação clínica que, nesta nova indicação em particular, foi baseada em dados de investigações conduzidas por importantes grupos de estudos corporativos. No seu conjunto, estes estudos em manutenção após transplante demonstraram benefício no tempo de sobrevivência dos doentes e sem progressão da doença.

Todos os anos, cerca de 39 mil pessoas são diagnosticadas com esta doença, sendo que a idade média do diagnóstico é entre 65 e 70 anos. Apesar de ser uma doença considerada rara, cerca de 24 mil pessoas, anualmente, são vítimas mortais do MM.
Em Portugal estima-se que surjam, todos os anos, 300 novos casos. Os últimos dados indicam que o MM afeta mais de 1.500 portugueses.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019