Raríssimas promove primeiro workshop sobre colangite biliar primária
15/02/2017 17:33:01
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Raríssimas promove primeiro workshop sobre colangite biliar primária

A Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras (Raríssimas) está a organizar o primeiro workshop sobre colangite biliar primária (CBP), que decorre no próximo dia 24 de fevereiro, na sala de aula da Clínica Universitária de Gastrenterologia do Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Este workshop está inserido no projeto (In)Forma Rara e marca o início de um ciclo de sessões sobre a CBP dirigidas a especialistas que vão decorrer a nível nacional. A iniciativa acontece numa altura em que se assinala o Dia Mundial das Doenças Raras, a 28 de fevereiro, e pretende aumentar a informação e envolvimento da comunidade médica com a CBP.

A formação tem como objetivo incentivar a partilha de informação sobre as particularidades da doença e vai abordar temas como os critérios de características epidemiológicas, a discussão de casos clínicos, as dificuldades no diagnóstico, as formas clássicas de tratamento e as perspetivas de futuro e respetivo impacto no prognóstico e na esperança de vida dos doentes. Consulte aqui o programa. 

A psicóloga clínica e da Saúde e coordenadora da Linha Rara, Dr.ª Joana Neves, avança que “para além do envolvimento dos médicos da especialidade de Gastrenterologia que acompanham estes doentes ao longo do tempo, também os médicos de Medicina Geral e Familiar (MGF) desempenham um papel fundamental na referenciação e identificação dos doentes, uma vez que a maior parte são assintomáticos no momento do diagnóstico”.

Os interessados devem proceder à inscrição para mariana.miranda@rarissimas.pt ou através do número 964 526 777, até ao dia 22 de fevereiro.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019