PitchPH: tem 90 segundos para convencer a indústria farmacêutica que é o candidato ideal
13/02/2017 16:18:05
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
PitchPH: tem 90 segundos para convencer a indústria farmacêutica que é o candidato ideal

A LisbonPH - Júnior Empresa da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (FFUL) - vai organizar a 3.ª edição do PitchPH, nos próximos dias 23 e 24 de fevereiro, sendo destinado a alunos do 4.º e 5.º ano do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas e recém-mestres deste mesmo curso.

Assim como nas edições anteriores, os participantes terão a oportunidade de desenvolver o seu pitch, com o intuito de se prepararem para uma apresentação às mais conceituadas multinacionais da indústria farmacêutica.

O primeiro dia da atividade será dedicado à parte formativa, onde duas entidades especializadas no desenvolvimento de personal branding e construção de pitch, a Singularis Human Consulting e a Toastmasters, vão ensinar as ferramentas necessárias para uma apresentação pessoal que cative a audiência.

A manhã do dia seguinte iniciar-se-á com as apresentações institucionais das várias multinacionais da indústria farmacêutica presentes. Durante a tarde, decorrem os pitches dos participantes, que têm 90 segundos para apresentar o seu percurso académico e/ou profissional, as suas motivações e dar a conhecer as razões pelas quais seria uma mais-valia em eventuais cargos na indústria farmacêutica. Os profissionais presentes de recursos humanos, marketing, market access, medical affairs, entre outros cargos relacionados, darão o seu feedback sobre a apresentação.

O evento está reservado a um limite de 30 participantes, sendo o custo de inscrição de 25 euros.

Para saber mais informações sobre o evento, aceda a esta ligação


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019