Aumento da prevalência de doenças mentais em Portugal eleva a necessidade de formação
15/12/2016 16:33:30
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Aumento da prevalência de doenças mentais em Portugal eleva a necessidade de formação

Portugal é o país da Europa com maior número de pessoas com doenças mentais, tendo-se registado um aumento de cerca de 19% em 2008, para mais de 31% em 2015. Face a estes números, o Instituto de Ciências da Saúde (ICS) da Universidade Católica Portuguesa lança a pós-graduação em Psiquiatria e Saúde Mental, que decorrerá entre janeiro e julho, como forma de dar resposta à crescente necessidade de reforçar a formação de profissionais e técnicos nesta área da Saúde.

O curso “pretende dar aos formandos conhecimentos e competências na área da Psiquiatria e Saúde Mental, abordando as bases da psicopatologia, a descrição das principais doenças psiquiátricas e as suas respetivas terapêuticas” refere o Dr. Pedro Afonso, psiquiatra e um dos coordenadores da pós-graduação. Pretende-se, ainda, fomentar a atuação na Saúde mental de acordo com princípios éticos e deontológicos, contribuindo assim para a melhoria dos resultados nos cuidados de Saúde prestados à população.

A pós-graduação, com inscrições abertas até dia 28 de dezembro, destina-se não só a médicos e internos das especialidades de psiquiatria, pedopsiquiatria, medicina geral e familiar, como também, a enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, entre outros profissionais de Saúde.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019