Comité de Medicamentos de Uso Humano (CHMP) concede opinião positiva a adalimumab para o tratamento da hidradenite supurativa em adolescentes
17/11/2016 16:30:10
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Comité de Medicamentos de Uso Humano (CHMP) concede opinião positiva a adalimumab para o tratamento da hidradenite supurativa em adolescentes

A AbbVie, uma companhia biofarmacêutica global, anunciou que o Comité de Medicamentos de Uso Humano (CHMP) da Agência Europeia do Medicamento (EMA) concedeu opinião positiva a adalimumab para o tratamento da hidradenite supurativa (HS) ativa, moderada a grave em adolescentes a partir dos 12 anos de idade que tenham tido resposta inadequada à terapêutica sistémica convencional.

“A hidradenite supurativa pode começar na puberdade e piorar ao longo do tempo. É importante que os doentes recebam um correto diagnóstico e acesso a tratamento precoce para uma melhor gestão dos efeitos da evolução da doença”, afirma John Medich, vice-presidente do departamento de desenvolvimento clínico em Imunologia da AbbVie. “Esta opinião positiva do CHMP é um marco significativo para os doentes afetados por esta doença crónica dolorosa, uma vez que atualmente não há mais nenhum medicamento aprovado disponível para tratar a população de doentes adolescentes”.

Desde que recebeu a sua primeira aprovação há 13 anos, adalimumab já foi aprovado em mais de 90 países em 14 indicações aprovadas globalmente e está atualmente a ser utilizado para o tratamento de mais de 1 milhão de doentes em todo o mundo.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019