Congresso de Pneumologia do Norte: inovação e desafios da área respiratória
01/03/2016 17:52:52
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Congresso de Pneumologia do Norte: inovação e desafios da área respiratória

Cerca de 300 especialistas são esperados na 23.ª edição do Congresso de Pneumologia do Norte, que se realiza nos dias 3 e 4 de março, na Fundação Cupertino Miranda, Porto.

O XXIII Congresso de Pneumologia do Norte pretende ser o fórum de discussão e atualização dos temas emergentes da Pneumologia, reunindo este ano mais de 300 especialistas da área e contando com a participação de oradores não só nacionais, mas também de outros países europeus, como Espanha, Itália, Eslovénia e Suíça.

Do programa do Congresso destacam-se temas como patologia respiratória obstrutiva, infeções respiratórias, tabagismo, neoplasia pulmonar, patologia respiratória do sono, patologia pleural e ventilação não invasiva. Conheça o programa final a partir desta ligação

Presidido pela Prof.ª Doutora Marta Drummond, o Congresso vai decorrer em conjunto com as XXXI Jornadas Galaico-Durienses. “As doenças respiratórias, excluindo o cancro do pulmão, são a terceira principal causa de morte no nosso país o que impõe desafios permanentes aos profissionais de saúde desta área. A atualização constante de conhecimentos e a troca de experiências é essencial para melhorar a abordagem ao doente e aumentar a sua qualidade de vida”, refere a Prof.ª Doutora Marta Drummond.

Amanhã, dia 2 de março, têm lugar dois cursos pré-congresso subordinados aos temas “Exploração Funcional Respiratória” e “ Gestão na Saúde”. Os cursos são dirigidos a internos de especialidade, pneumologistas, técnicos de cardiopneumologia e médicos de Medicina Geral e Familiar.

Mais informações no site do evento.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019