02/07/2015 17:35:37
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Atribuída bolsa de 10 mil euros para investigação em dor na disfunção temporomandibular
Atribuída bolsa de 10 euros para investigação em dor na disfunção temporomandibularO Dr. David Ângelo, investigador português da Faculdade de Medicina de Lisboa, recebeu ontem, a 1 de julho, a Bolsa para Jovens Investigadores em Dor 2015 da Fundação Grünenthal. A distinção foi entregue pelo Secretário de Estado Adjunto da Saúde, Dr. Fernando Leal da Costa e pelo presidente da Fundação, Prof. Walter Osswald.


A bolsa, no valor de 10 mil euros, vai permitir ao investigador, orientado pelo Professor Francisco Salvado, continuar a desenvolver um projeto na área da disfunção temporomandibular. Trata-se de uma patologia que é a causa mais comum de dor orofacial de origem não dentária que afeta cerca de 30% da população.

O projeto desenvolvido pelo jovem médico está relacionado com a regeneração de tecidos, bioengenharia de materiais e técnicas de cirurgia minimamente invasiva. Um dos pontos fortes do projeto está relacionado com a multidisciplinaridade da equipa envolvida, que inclui um grupo de médicos do Centro Hospitalar Lisboa Norte e do Hospital Infanta Cristina (Espanha), uma equipa de investigação na área dos biomateriais do CDRSP-Instituto Politécnico de Leiria, um grupo do Instituto de Medicina Molecular (iMMLisboa) e da Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa.

O juri, composto por cinco elementos, avaliou a originalidade da pergunta de investigação, incluindo a importância e possíveis repercussões científicas e sociais, assim como a qualidade do plano de investigação.

Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019